Curso de formação continuada prepara professores para Olimpíada de Língua Portuguesa

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

A Olimpíada de Língua Portuguesa – Escrevendo o Futuro segue até agosto e os professores da rede municipal estão preparados para realizar as oficinas com os alunos de Balneário Camboriú. Diretoras escolares e uma equipe do departamento técnico-pedagógico da Secretaria de Educação, concluíram nos dias 22 e 23 de abril um curso de formação continuada para melhor aproveitamento nas oficinas realizadas nas unidades escolares.

A equipe esteve reunida na FLC – Sociesc para o curso, com o objetivo de preparar os professores para a Olimpíada de Língua Portuguesa. Professores representantes das secretarias de Educação dos municípios da AMFRI: Navegantes, Piçarras, Penha, Itapema e Camboriú, que atuarão como multiplicadores do conhecimento, em seus respectivos municípios, também participaram do evento.

A Olimpíada de Língua Portuguesa – Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária. O objetivo do evento é contribuir para a formação de professores, visando à melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas publicas brasileiras, além de levar para as salas de aula novas metodologias de ensino. Uma das estratégias para atingir a meta é a realização de um concurso de produção de textos que premiará poemas, memórias literárias, crônicas e artigos de opinião elaborados por alunos das escolas públicas de todo o país.

Interação
Com o tema “O lugar onde vivo”, a Olimpíada valoriza a interação das crianças e jovens com o meio em que vivem. Com a elaboração de textos, o aluno resgata histórias, aprofunda o conhecimento sobre sua realidade e estreita vínculos com a comunidade.

Quinhentos alunos e professores semifinalistas receberão medalhas de bronze e coleção de livros. Os 150 finalistas, alunos e professores, medalhas de prata e aparelhos microsystem. Os 15 vencedores, alunos e professores, na etapa nacional serão entregues medalhas de ouro, computadores e impressoras. As escolas nas quais estudam os 15 selecionados serão contempladas com laboratórios de informática, compostos por dez microcomputadores e uma impressora, além de livros para a biblioteca. Os municípios de origem dos vencedores receberão selo concedido pelo MEC.

Texto: Leisa Kappel

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -