- PUBLICIDADE -

Com movimentação de agosto, Porto de Itajaí cresce 5% em 2017

Foram 86 escalas e 735.321 contêineres no Complexo Portuário

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

porto de itajai
Divulgação / Marcos Porto

O Porto de Itajaí atingiu um crescimento de 5% em 2017. Em agosto, foram registradas 86 escalas e 735.321 unidades. Este número totalizou 1.196.888 toneladas de cargas movimentadas no Complexo Portuário.

No segmento de cargas conteineirizadas foram registrados 109.030 contêineres. Na parte privada, 23.053 contêineres e o registro de 8% de aumento no mês. No somatório de janeiro a agosto deste ano, o complexo movimentou 8.161.178 toneladas totalizando um aumento de 5% em comparação ao ano passado. Quanto ao número de cargas movimentadas, agosto encerrou com 735.321 unidades, sendo 135.023 na área da APM Terminals.

Para o superintendente do Porto de Itajaí, Engº Marcelo Werner Salles, o resultado é importante para o Porto e para a cidade de Itajaí. “O crescimento deste mês de agosto foi na ordem de 5% e demonstra que a tendência até o final do ano é de termos crescimento em relação a 2016. Creio que poderemos chegar a ultrapassar a marca de 1 milhão e 200 mil contêineres”, destacou.

A balança comercial no Porto de Itajaí também teve desempenho positivo, foram 64% de exportações e 36% de importações. A movimentação total somou 1,2 Bilhões de dólares com um crescimento de 7,9%.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.