Procon registra alta nos preços dos produtos de Natal

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Nesta segunda-feira (13) o Procon de Itajaí realizou pesquisa de preços dos produtos alimentícios que não podem faltar na mesa dos consumidores nas festas de fim de ano. Foram visitados os sete maiores estabelecimentos comerciais da cidade e comprovada uma forte alta nos preços em relação ao Natal do ano anterior.

A maior diferença de preço apareceu na castanha com casca que teve um aumento de 278% passando de R$ 1,16 para R$ 4,39 (cada 200 gramas) seguida pela uva passas com mais de 112% de aumento passando de R$ 6,98 para R$ 14,80 o quilo. O produto que registrou a menor variação de preços segundo a pesquisa é a Ave Fiesta, da marca Sadia com pouco mais de 10% em relação a 2009 (de R$ 7,38 para R$ 8,19 o quilo).

O perú, ave servida tradicionalmente da Ceia de Natal está 18% mais caro. Já o pernil, que é mais consumido na Ceia de Ano Novo variou 58%.

Considerando a grande alta de preços o consumidor deve efetuar uma cuidadosa pesquisa, avaliando sempre a relação preço x qualidade, além de ficar atento às informações contidas nos rótulos, como peso, data de fabricação, prazo de validade e condições de conservação. No caso dos produtos importados, as informações do rótulo devem estar traduzidas para a língua portuguesa. “Deve ser sempre considerado o custo benefício do deslocamento no caso de estabelecimentos que estão apresentando produtos mais baratos que os da sua região onde o consumidor reside e por fim, o exigir sempre a nota fiscal no ato da compra” salienta o Procurador Chefe do Procon, Rafael Martins Seara.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -