Divulgação

Nesta segunda-feira (25), o vereador John Lenon Teodoro esteve no DETER – Departamento Estadual de Transportes e Terminais de Santa Catarina – órgão responsável pela concessão das linhas intermunicipais no Estado -, protocolando um documento da Câmara Municipal, que solicita ação emergencial do Departamento para promover, tão breve quanto possível, a integração do transporte coletivo entre os municípios de Camboriú, Balneário Camboriú e Itajaí, operado pela Viação Praiana, que detém boa parte das concessões nas linhas intermunicipais da região da AMFRI.

O parlamentar foi à capital representando todos os vereadores de Camboriú, e essa iniciativa se deve ao grande número de reclamações dos usuários do transporte coletivo nas últimas duas semanas, especialmente em Camboriú, onde as pessoas utilizam os ônibus para poderem ir trabalhar, estudar e cumprir suas respectivas rotinas.

Segundo o vereador camboriuense, essa solicitação é antiga, e os municípios já possuem Leis Municipais permitindo a integração. Esse processo foi liderado na época pelo ex-vereador Fábio Flor em 2014, porém até o momento não houve nenhuma ação específica para resolver o problema. “É a única solução para que o serviço de transporte coletivo seja eficiente”, comenta o Vereador John Lenon.

Conforme o parlamentar, em Camboriú a empresa que opera as linhas locais é a CTT  – Camboriú Transporte e Turismo: “Essa concessão vence em 2021, mas mesmo que o governo municipal queira resolver a situação atual, o Prefeito Élcio está limitado em seu território, sendo que este é um problema regional, visto que a principal demanda é por linhas intermunicipais, que levam e trazem os usuários de Camboriú a Balneário e Itajaí, o que torna mais difícil resolver o problema de forma isolada”.

A solicitação também foi encaminhada ao presidente da AMFRI, para que a Associação, que já dispõe de estudos técnicos nesse sentido, possa buscar em conjunto com os municípios e o DETER uma solução inteligente e rápida para solucionar este problema.


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)