Secretário de Saúde de Itajaí cancela autorização para vender cosméticos no CIS

Vereadores flagraram servidora fazendo limpeza de pele durante expediente

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Vereadores denunciam tratamento da Mary Kay a servidores da saúde durante expediente.

Após repercussão da denúncia dos vereadores Edson Lapa e Otto Quintino Jr. que uma consultora da Mary Kay fazia limpeza de pele em servidores durante o expediente do Centro Integrado de Saúde (CIS), o Secretário Municipal de Saúde de Itajaí Celso Luiz Dellagiustina informou, por ofício, quais as providências serão tomadas pela pasta referente ao episódio. Diante da rápida resposta do secretário, e por entender que cessar a prática era o objetivo principal e este, ao que parece foi alcançado, os vereadores decidiram não levar o caso ao Ministério Público; seguirão fiscalizando.

A resolução nº 005/2017 torna sem efeito o documento que autorizou a empresa de cosméticos a comercializar produtos no Centro Integrado de Saúde (CIS). Também fica vedada a exposição e venda de qualquer produto em unidades de saúde da rede pública municipal. O terceiro e último artigo da resolução alerta para as punições aos servidores que descumprirem as determinações do documento assinado pelo secretário.

Entenda o caso

Servidoras públicas fazendo limpeza de pele durante expediente. Foi o que flagraram os vereadores Edson Lapa (PR) e Otto Quintino Jr. (PRB), na noite de quinta-feira (02), após receber denúncia. Os parlamentares fotografaram uma consultora da Mary Kay nas dependências do Centro Integrado de Saúde (CIS) realizando o tratamento de beleza em 03 (três) servidoras, em pleno horário de trabalho. A consultora apresentou um documento, que segundo ela autoriza a realização do procedimento em servidores, no espaço público. O documento está assinado por servidores da Secretaria Municipal de Saúde.

No documento, o tempo estipulado para cada atendimento é de aproximadamente 25 minutos. Uma das fotos registradas pelos vereadores mostra uma servidora sendo maquiada pela consultora da Mary Kay e duas aguardando para serem atendidas. Homens também receberiam o tratamento, segundo informações repassadas aos vereadores. No entanto, não há unanimidade sobre o brinde.

Aos vereadores, os servidores relataram que o procedimento é permitido pela administração pública porque faz parte de um programa denominado “Cuidar de quem cuida”. Os funcionários efetivos reclamam do presente, porque segundo eles seria melhor o município melhorar as condições de trabalho a permitir tal prática.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -