Gideões: restaurante improvisado é fechado pela Vigilância Sanitária de Camboriú

Ele foi localizado durante fiscalização e estava sem alvará e em péssimas condições sanitárias

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

A fiscalização do comércio temporário em Camboriú está sendo realizado durante todos os dias do Congresso Internacional de Missões. Nesta quinta-feira, dia 27, a Vigilância Sanitária, com o apoio da Secretaria de Fazenda e Polícia Militar, interditou um local que foi instalado para servir almoços. Além disso, o proprietário foi autuado e teve que retirar todos os materiais do local.

A diretora da Vigilância Sanitária de Camboriú, Josiane Farias, conta que o restaurante estava totalmente irregular. “Quando chegamos, em fiscalização de rotina, constatamos o péssimo estado do local, totalmente fora dos padrões exigidos pela vigilância sanitária, sem alvará. O cheiro da comida estragada também estava forte e os alimentos estavam acondicionados em local insalubre”, explica.

Josiane reforça que as fiscalizações continuam até o final do evento e se intensificam com o aumento do volume de comerciantes e pessoas que circulam pelo local. “Essa foi a segunda ocorrência com interdição da vigilância sanitária, mas a maioria dos locais já fiscalizados está regularizado e atendendo às exigências da vigilância, todos bem conscientes”, conclui.

Como denunciar

Para denunciar é só ligar para a Secretaria de Saúde (3365 9400) e fazer o registro com o departamento da Vigilância Sanitária. Também é possível fazer a denúncia diretamente para um dos fiscais que estão circulando pelo centro da cidade – eles estão identificados com colete laranja.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -