- PUBLICIDADE -

Moradores do Espinheirinhos são atendidos pelos Correios e recebem cartas em casa

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

Divulgação
Divulgação

O morador Andrino Alcides de Freitas já não precisa mais se preocupar com as correspondências que não chegavam. Agora, os moradores da localidade Espinheirinhos, em Itajaí, recebem as cartas em casa. Um serviço simples, mas que era reivindicado há muitos anos pelos moradores da Rua Clarindo Sebastião da Cunha.

Antes, as cartas eram deixadas em uma caixa improvisada na mercearia do bairro e eles buscavam no decorrer da semana. Algumas correspondências chegavam com atraso e prejudicava o pagamento de faturas, por exemplo.

Há mais de um ano, os moradores uniram forças com o Vereador Márcio José Gonçalves – Dedé, em busca de uma solução. Dedé apresentou o caso na câmara de vereadores de Itajaí e durante o uso da tribuna, disse: “Esse é um serviço pago, ninguém está fazendo favor para ninguém. Eu vou continuar trabalhando com foco nesse assunto, porque eu não admito a gente ficar um ano para garantir a entrega de uma correspondência na casa de um cidadão”. Esse é um fato positivo e uma conquista dos moradores, que já podem contar com a entrega de cartas na própria casa.

Após a vitória junto aos correios, o Vereador Dedé busca a implantação da rede de água do Semasa, no bairro. O objetivo é levar água potável e encanada para todos os moradores do Espinheirinhos, já que nessa localidade, eles usam água de cachoeira. Vários requerimentos e indicações já foram encaminhados para que o Semasa instale a rede de distribuição de água.

Para Márcio Dedé, o investimento para uma nova rede de água não é feito em curto prazo, por isso é necessário pensar nisso, o quanto antes. “Me preocupo, porque no último verão faltou água e se não pensarmos no investimento agora, quando faltar água com frequência vai ser tarde demais. Nós temos que nos antever, porque quando acabar aquela fonte, eles vão precisar de água… isso vai acontecer e os investimentos devem ser feitos agora, enquanto é cedo”, ressalta Márcio Dedé.


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.