Vereadores de Itajaí aprovam reajuste da passagem de ônibus

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

O plenário da Câmara de Vereadores de Itajaí ficou lotado para a votação do projeto de lei ordinária 01/2013, enviado à Casa pelo Executivo Municipal para revisão dos valores da tarifa do transporte coletivo em Itajaí.

Com a aprovação do projeto, a tarifa para o coletivo convencional passará a custar R$ 3,20 e a do micro ônibus chamado de “Marujinho” custará R$ 4,00. Quem comprar a passagem de forma antecipada pagará R$ 2,80 para o ônibus convencional e R$ 3,70 para o “Marujinho”. Já a passagem escolar, que deve ser adquirida antecipadamente e é válida para o ônibus convencional, custará R$ 1,40.

Quatro vereadores se manifestaram sobre o projeto. A primeira foi a vereadora Anna Carolina Martins (PRB) que alegou que não se poderia vincular a aprovação da revisão do valor da passagem ao reajuste salarial dos funcionários da empresa concessionária de transporte coletivo. Por fim a vereadora pediu que os demais vereadores não se sentissem intimidados por este argumento.

Na sequência, o vereador Thiago Morastoni (PT), que falou em nome da banca do partido e também do vereador Professor Acácio (PSDB), afirmou que antes de rever os custos da passagem era preciso avaliar se o contrato com a Coletivo estava sendo cumprido. Para ele este aumento, poderá diminuir ainda mais o número de usuários de ônibus fazendo com que as pessoas optem cada vez mais pelo transporte individual. Com esta diminuição, segundo Thiago, o transporte coletivo ficará cada vez mais caro e a cidade terá ainda mais problemas de mobilidade.

O vereador Douglas Cristino da Silva (PSD) afirmou que os vereadores tem um compromisso com a sociedade acima de qualquer governo ou partido, mas que também tem responsabilidades. Douglas argumentou que os vereadores tiveram reuniões para debater o projeto e tirar dúvidas, e reclamou que os vereadores não puderam sugerir outros valores e ficaram restritos ao “sim” ou “não”.

O vereador Afonso Arruda (PMDB) encontrou dificuldades em falar diante das diversas manifestações acaloradas da plateia, e comparou o reajuste com outros contratos. Arruda lembrou ainda, quem em 2008 por meio de um decreto o então prefeito respeitou o contrato com a Coletivo e concedeu a revisão dos valores. Por fim, Arruda assegurou que o Sistema de Transporte Integrado será concluído até julho.
Os vereadores Anna Carolina (PRB), Clayton Batschauer (PR), Giovani Felix (PT), Thiago Morastoni (PT), Osvaldo Mafra (PDT) e Professor Acácio (PSDB) votaram contra o projeto. Os demais foram favoráveis.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -