Revitalização do Calçadão da Av. Central custará R$ 5,1 milhões

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Calçadão terá cobertura de vidro
Na tarde de sexta-feira, 3, o prefeito de Balneário Camboriú, Edson Renato Dias (Piriquito) e o vice-prefeito, Cláudio Dalvesco, receberam no gabinete os vereadores Orlando Angioletti, presidente da Câmara de Vereadores, Dão Koeddermann, Asinil Medeiros, Marcos Kurtz e Roberto Souza Jr., que entregaram ao prefeito a alteração na Leio Orçamentária, autorizando crédito adicional de R$ 5,1 milhões. Os recursos serão investidos na revitalização do Calçadão da Avenida Central.

Segundo o vereador Orlando Angioletti, o projeto foi aprovado por unanimidade pelos senhores vereadores. O prefeito também recebeu comerciantes do calçadão da Avenida Central, os secretários de Fazenda, Fábio Flor, Turismo, Carlos Humberto Silva e o secretário de planejamento, Auri Pavoni.

Pavoni abriu a reunião falando da importância deste crédito adicional no orçamento que vai enfim, realizar o desejo de uma ampla revitalização do calçadão da Avenida Central. “É uma antiga reivindicação dos comerciantes e a cidade precisa ser reinventada, a modernização dos nossos pontos turísticos e a revitalização do calçadão são necessidades”, disse o secretário. A secretaria de Planejamento é responsável pela concepção dos equipamentos que serão instalados no calçadão. O secretário pediu a compreensão dos comerciantes durante a obra. “Haverá um certo incômodo, porém o benefício futuro será imenso”, disse.

Na sequência, Orlando Angioletti assinou o documento aprovado pelos vereadores, que autoriza o Executivo a abrir o crédito adicional para a execução da obra. No mesmo momento, o prefeito assinou a sansão da Lei 3297/2011 e também o aviso de licitação da obra. “Acredito que este processo tenha sido aprovado em tempo recorde, mas é a necessidade que temos para iniciar esta obra. Na próxima segunda-feira a licitação já estará publicada, não podemos perder mais tempo”, disse Piriquito aos comerciantes e autoridades presentes.

Ainda durante a solenidade, o prefeito agradeceu o empenho do Legislativo, e entregou ao vereador Orlando Angioletti um projeto de Lei que prevê alterações no Plano Plurianual. Segundo o prefeito, o entendimento da Câmara de Vereadores em prol desta alteração é importante para a execução de diversas obras na cidade. “Entrego para o senhor este projeto, peço que busque o entendimento dos vereadores pela aprovação para que possamos executar um grande número de obras ainda neste ano”, disse o prefeito.

Dentre as obras previstas estão a construção de uma capela mortuária na região dos bairros Municípios, Vila Real e Iate Clube; reforma do prédio da Secretaria de Fazenda (antiga sede da Prefeitura); retirada da licença ambiental para o alargamento da faixa de areia; revitalizações das Avenidas Brasil (entre as Ruas 1001 e 2000), Terceira Avenida (que terá sentido único – norte) e Quarta Avenida (que terá sentido único – sul), estas revitalizações respeitando o modelo humanizado executado pela Prefeitura na Avenida do Estado, com travessias elevadas e ciclovias. Também está prevista a construção de um sistema de drenagem na Avenida Brasil, com galerias da Rua 1400 até o Rio Camboriú, entre outras.

Segundo o prefeito, desde 2003 se discute uma revitalização do calçadão da Central, que hoje está numa situação muito ruim. Piriquito ressaltou aos comerciantes que não haverá nenhuma taxa de contribuição de melhoria. “Assim como pavimentamos mais de 200 ruas na cidade, fizemos mais de 22 km de drenagem e não cobramos dos moradores a taxa de contribuição de melhoria, não vamos cobrar nesta revitalização da Central. Os munícipes e comerciantes já pagam seus impostos, o poder público está retornando este investimento em obras que vão beneficiar e qualificar ainda mais a cidade”, finalizou o prefeito.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -