- PUBLICIDADE -

Prefeitura busca soluções para falta de água em Camboriú

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

falta daguaO Prefeito de Camboriú em exercício, Milton Antônio da Silva, convocou na tarde desta quinta-feira, dia 06, uma reunião com o Diretor Geral da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú – EMASA, Ney Clivati, para tratar sobre a falta de água que tem ocorrido recentemente na cidade, especialmente nos bairros Monte Alegre e Conde Vila Verde. Participaram também o Secretário de Saneamento Básico – SESB, Janir Francisco de Miranda, a Engenheira da EMASA Roberta e o vereador José Rodrigues Pereira, o Zé Branco.

Ney Clivati explicou que a EMASA trabalha atualmente com capacidade máxima de bombeamento para Camboriú, e que as adutoras não suportam mais vazão do que a existente. “A causa dos problemas de abastecimento é estrutural, faltam adutoras com diâmetro suficiente para aumentar o bombeamento”, disse.

O problema se agrava ainda mais em locais mais elevados e com o aumento do consumo nos meses de verão, “estes locais sofrem desabastecimento por falta de pressão” declarou.

A solução apresentada pela SESB para amenizar estes problemas é a construção de mais reservatórios nas áreas elevadas, o que está atualmente em fase de projeto, dependendo de execução, e de novas adutoras dentro da cidade de Camboriú. Outra possibilidade estudada é a instalação de uma caixa d’água de 1000 litros em cada residência desses locais mais elevados, provendo um reservatório particular para cada família. “Tudo seria feito a um preço bem abaixo do mercado e com parcelamento garantido pela SESB”, disse Miranda.

No que toca à EMASA, Ney afirmou que as novas bombas para abastecer Camboriú já foram adquiridas e deverão ser instaladas na Estação de Recalque de Água Tratada ainda durante o ano de 2011. Além disso, novas interligações com o sistema de Camboriú de diâmetro de 400 mm devem ser colocadas por baixo da BR-101 no mesmo período, o que depende de estudos em conjunto com a SESB.


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.