- PUBLICIDADE -

Itajaí sedia pela primeira vez o Campeonato Brasileiro Inter Clubes de Futebol de Mesa

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem

Dos dias 03 a 06 de junho, Itajaí será palco do IV Campeonato Brasileiro Inter Clubes de Futebol de Mesa. A competição irá reunir na cidade 24 equipes de todo país e 288 atletas, dentre eles o Campeão Mundial de Futebol de Mesa, Quinho do Palmeiras e o Campeão Brasileiro Robertinho da AABB de Curitiba.

Esta é a segunda vez que o campeonato é disputado em Santa Catarina e a primeira vez que Itajaí sedia a competição. A cidade foi escolhida pela Confederação Brasileira de Futebol de Mesa, porque oferece as melhores condições de infraestrutura do país e servirá de modelo para as outras cidades. “Nesta competição serão aplicadas pela primeira vez as novas normas do futebol mesa, que estabelece modelo de piso e banheiro, entre outros quesitos necessários para abrigar uma competição da modalidade” fala Marcelo de Almeida Heusi da Associação Itajaiense de Futebol de Mesa.

Dentre as 24 equipes que participarão do Campeonato estão a do Vasco da Gama, Flamengo, Fluminense e América do Rio de Janeiro. São Paulo é representado pelo atual campeão Palmeiras e também pelo Corinthians, Santos e outras seis equipes. Do Piauí vem a equipe Carcará, da Bahia a equipe de mesmo nome, do Rio Grande do Sul a Internacional e de Santa Catarina o Itajaí Futmesa, GEO de Blumenau, Cruzeiro de Joinville e Caçador que representa sua cidade.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Imobiliária de Balneário Camboriú aluga imóvel em até 30 dias ou paga o condomínio

A imobiliária promete alugar o imóvel em até 30 dias, ou pagar o condomínio ao proprietário
- PUBLICIDADE -