- PUBLICIDADE -

Drama musical “Beatriz” chega à Itajaí

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

3136Neste sábado e domingo (17 e 18), o Teatro Municipal de Itajaí recebe o drama musical “Beatriz”. O espetáculo retrata as consequências do tempo sobre a existência feminina de maneira poética por meio das canções de Chico Buarque de Hollanda que atingem, intensamente, tal universo. As sessões ocorrem às 20h30 e os ingressos podem ser obtidos ao valor de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia), na bilheteria do Teatro Municipal (Rua Gregório Chaves, nº 111, de 3ª a 6ª feira, das 13 às 19 horas).

O espetáculo é inspirado em uma das personagens femininas de Chico, “Beatriz”, composta em parceria com Edu Lobo, no ano de 1982. A atriz que assume esta personalidade em cena é Margarida Baird. Ela já trabalhou com grandes nomes do teatro brasileiro, como Augusto Boal, Marco Nanini, Marieta Severo, Marília Pêra e Wolf Maya. Ainda em cena, três grandes músicos – Carol Miranda, Larissa Galvão e Pedro Loch – interpretam ao vivo as canções que dão vida às lembranças da personagem.

O espetáculo Beatriz nasceu em 2011, em Florianópolis (SC), como resultado de uma disciplina do curso de Licenciatura e Bacharelado em Teatro, na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e tem como diretora Ana Paula Beling. A apresentação tem o apoio do Hotel Ibis, Subway, Gráfica Fácil Impress, Restaurante Cheiro Verde e os patrocínios de Conjel Contabilidade e Instaladora Palestina.

SINOPSE
Um camarim. Beatriz vivencia seus últimos momentos enquanto atriz. É chegada a hora de “praticar pela vez derradeira a arte de deixar algum lugar sem ter para onde ir”. O desespero de partir, a vontade de ficar, o prazer, a dor, amar. Cantando sua própria história, ela brinca com o tempo ao viajar entre o passado de glórias, o presente de ruptura e o futuro incerto.

Personagem e atriz se entrelaçam, estabelecem uma fina fronteira entre a ficção e a realidade. A metateatralidade é evidenciada na relação com todos os elementos que compõem o espetáculo: dramaturgia, cenografia, músicos e espectadores. Em Beatriz, encerram-se outras tantas mulheres que compõem a vasta obra de Chico Buarque de Hollanda e que são o mote para a composição das cenas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.