- PUBLICIDADE -

Balneário Camboriú beneficiada com Biblioteca Rural

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

PagAuto vende seu veículo em 50 minutos: em BC, Itajaí e Floripa

Na PagAuto seu veículo é vendido com avaliação profissional e pagamento na hora em uma negociação 100% segura

A cidade de Balneário Camboriú, mais especificamente a comunidade do bairro da Barra onde vive a maioria dos pescadores artesanais do município, será beneficiada com a instalação de um acervo de livros denominado de Biblioteca Rural, construída pelo Banco do Brasil pelo projeto Arca das Letras, desenvolvido a partir de 2003 pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A entrega do acervo será realizada durante a 2ª Feira Sustentável, que acontece nestes dias 7 e 8 de maio, em Joinville.

O programa Arca das Letras promove o acesso à leitura através de bibliotecas nas comunidades rurais brasileiras. Sua meta é atender famílias de agricultores, pescadores, quilombolas, indígenas, populações ribeirinhas e assentados da reforma agrária com literatura diversificada, entre impressos técnicos, didáticos e vários outros, direcionados a leitores de todas as idades.

A conquista do acervo aconteceu através de uma oportunidade visualizada pela Epagri – Empresa Pesquisa Agropecuária Extensão Rural de Santa Catarina, para beneficiar a comunidade de pescadores da Barra. Segundo explica José Barros, funcionário da Epagri, o interesse da empresa é motivar o conhecimento no interior do município. “Se não dotarmos o interior com as mesmas oportunidades que o centro, estaremos concentrando o acesso ao conhecimento dos cidadãos. Esse é o grande motivo, democratizar a leitura”, analisou. A Epagri preencheu formulário de consulta, que pontuou as características das famílias que receberão a biblioteca.

Pelo projeto, o município tem direito a uma biblioteca rural gratuita, as posteriores, se requisitadas, terão ônus para a comunidade. Já são 7.053 bibliotecas Arca das letras pelo Brasil, e neste mês deverão ser entregues mais 300. Na região da Amfri, serão beneficiados grupos rurais de Camboriú (Microbacias do Rio Canoas), Balneário Piçarras (São Brás), Bombinhas (Galpão do Pescador), Ilhota (Cresol), Navegantes e Penha (São Nicolau).

A Arca das Letras da Barra contará, assim como as demais bibliotecas do projeto pelo país, com agentes de leitura que serão treinados pela equipe técnica do MDA. O treinamento inclui processos de organização e conservação dos livros, sua catalogação e empréstimos. Os agentes também terão a tarefa de incentivar a leitura e realizar campanhas de ampliação do acervo. Todo o trabalho é voluntário e os agentes são moradores das comunidades beneficiadas. A Arca das Letras da Barra estará instalada no interior da Colônia dos Pescadores Z-7 e terá, aproximadamente, 200 livros.

Para o presidente da Colônia, Afonso Martins, o projeto irá valorizar o morador da Barra e suas proximidades. “Tudo que analisarmos que é bom para a nossa comunidade, vamos tentar trazer para cá”, finalizou.

Para doar livros, basta entrar em contato com a Colônia dos Pescadores Z-7 , pelo telefone 3361-8560 ou na Epagri escritório de Balneário Camboriú, no 3363-8168.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.