Vereador picha ciclovia para marcar remendos e imperfeições

Segundo o vereador, ele estava "sinalizando os locais de perigo"

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Jogaderia resgata cultura dos jogos de tabuleiro no Balneário Shopping neste final de semana

Evento especial objetiva conectar as pessoas e proporcionar experiências com jogos longe das telas eletrônicas
Reprodução / Instagram

O Vereador Lucas Gotardo (PSB) publicou nesta segunda-feira, 11.fev.2019, uma série de stories no Instagram para mostrar que estava realizando uma fiscalização nas ciclofaixas junto ao ciclo ativista Chaves Junior.

Em um dos vídeos publicados com a legenda “sinalizando os locais de perigo”, Chaves Junior aparece usando um spray amarelo para marcar uma rachadura na ciclovia. Logo em seguida, no próximo story, é o próprio vereador que aparecendo marcando um remendo com o spray.

Faz parte do poder fiscalizador de um vereador observar, tomar nota das demandas e protocolar indicações. Sinalizar por conta própria não é e nunca foi papel do fiscalizador. Até porque, pichar trata-se de um crime ambiental segundo a nossa legislação.

Não importa quem pratica o ato, e nem a sua intenção. A pichação é considerada vandalismo e crime ambiental, nos termos do artigo 65 da Lei 9.605/98 (Lei dos Crimes Ambientais), que estipula pena de detenção de 3 meses a 1 ano, e multa, para quem pichar, grafitar ou por qualquer meio conspurcar edificação ou monumento urbano.

https://www.facebook.com/camboriunews/videos/288527848494988/

COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Clínica Beleti: reabilitação orofacial e estética

Conheça um pouco do que a reabilitação orofacial pode fazer por você
- Publicidade -