Organizações criminosas podem se instalar em nossa região

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Passar pela localidade do Conde Vila Verde no horário que passei, por volta das 22h, é um tanto complicado, pois tive a sensação de estar sendo observado constantemente, principalmente quando subi o morro da Rua Monte Castelito. Não sei se tal fato é pelas incursões policias que estão ocorrendo, mas não foi a primeira vez que entro na localidade e tenho esta impressão.

Etava andando por Balneário e resolvi passar por Camboriú para ver como estava a situação, tendo em vista a declaração da Dra Magaly (Delegada) que pode acontecer um possível derramamento de sangue em ambos os municípios, tendo em vista que organizações criminosas de outros estados pretendem se instalar aqui e tomar conta do tráfico de entorpecentes.

No deslocamento em Balneário Camboriú passei pelo Bairro dos Municípios, Quarta Avenida, Avenida Brasil, Avenida Atlântica, Praia dos Amores, Avenida dos Estados e por último, já retornando, passei pela Avenida das Flores e Terceira Avenida. Em Balneário tudo tranquilo nenhuma movimentação de polícia, nem mesmo viaturas das Policias Civil e Militar percebi pelo trajeto, exceto na Praça Almirante Tamandaré. As únicas viaturas que percebi efetuando rondas foram as da Guarda Municipal.

Em Camboriú passei pela Avenida Santa Catarina, Rua Guaraparim (Tabuleiro), Rua Monte Agulhas Negras (Monte Alegre), Rua Lauro Francisco dos Santos, Rua Flamboyant e Monte Castelito (Conde Vila Verde). Neste trajeto apenas percebi uma viatura da PM em circulação, na Rua Monte Castelito. Percebi o Corsa da PM subindo o morro e resolvi seguí-lo, na Rua Samambaia a guarnição abordou um Uno Vermelho efetuando uma averiguação pessoal nos dois ocupantes e no veículo. Após o ocorrido sai de Camboriú e nenhuma viatura mais presenciei. Exceto as quatro Viaturas da Policia Civil que estavam estacionadas em frente a delegacia.

Tendo em vista o que reparei ao entrar em uma das regiões consideradas as mais críticas (Monte Alegre e Conde Vila Verde), a operação esfriou, pois apenas estão efetuando averiguações em massa em determinados horários, deixando os demais livres para a criminalidade agir. Infelizmente estão tentando passar para a população a lamentável e falsa sensação de segurança. Claro devo ressaltar que a operação policial ainda não acabou, e minhas esperanças são que ambas as policias estejam utilizando o serviço de inteligência, que sem dúvidas nenhuma surte maior resultado que as rondas policiais já que estas possuem caráter preventivo, mas ambas devem trabalhar em conjunto. Espero que nos próximos dias apareçam os resultados da operação, que até agora não demonstrou força no que tange ao numero de detenções e apreensão de drogas e armas.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -