- PUBLICIDADE -

Construção civil – Consumo de drogas e álcool por operários

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

PICT2769
Imagem meramente ilustrativa

Na última terça-feira (28) ocorreu uma audiência pública com pessoas ligadas a construção civil. O foco principal seria debater a segurança no setor, já que inúmeros acidentes ocorreram, inclusive quatro mortes em um ano. Embora não esteja ligado diretamente ao setor, gostaria de ter comparecido, mas devido ao tempo escasso fui impossibilitado. Um dos pontos que gostaria de levantar na audiência seria referente ao consumo de álcool e drogas pelos funcionários da construção civil aqui em Balneário Camboriú.

Constantemente tenho presenciado inúmeros funcionários de construtoras consumindo drogas e bebidas alcoólicas (que não deixa de ser droga, porém é licita) no intervalo do almoço, ou antes de iniciarem o serviço no período da manhã. Fato este que é preocupante e pode ser um dos responsáveis pelos inúmeros acidentes que ocorrem no setor.

Está mais do que na hora dos sindicatos (patronais e dos operários), se mobilizarem em ações para combater tais atos, seja por medidas informativas ou até com punições conforme a lei em vigor, assim como fornecerem ajuda aos que tiverem interesse em largar o vício. Não sou a favor de demissões, mas dependendo da situação é um ato benéfico, pois uma pessoa sob efeito de entorpecentes ou álcool, além de colocar a própria vida em risco, coloca a dos demais colegas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.