- PUBLICIDADE -

Greve dos professores – Governador se vê no “mato sem cachorro”

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

Governador foi cercado e atendeu aos professores na marra e no meio da rua em Joinville. Chegaram a deixá-lo sem palavras, e se mostrou irritado quando apontavam o dedo para ele. Chegou a pedir para os professores voltarem às aulas para voltar as negociações. Quando indagado quais garantias os grevistas (professores) teriam se retornassem, desconversou. Outra pergunta que o deixou irritado foi sobre o FUNDEB.

Professores se manifestaram com gritos de guerra:
É greve, é greve até o Colombo pagar tudo o que nos deve…
A greve continua, a greve é culpa tua…

Infelizmente se o Governo continuar irredutível a greve irá longe, e devido as circunstâncias tenho que dar razão aos professores que apenas querem seus direitos cumpridos. Lamentavelmente os alunos é que estão perdendo, não quero nem ver quando os alunos receberem a informação que terão aulas no sábado, feriados e nas férias de julho (caso a greve se encerre até lá).


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.