Euphoria é a série do momento que te faz pensar no que seus filhos andam fazendo (OPINIÃO)

Exibida e produzida pela HBO, drama retrata com realismo cruel os adolescentes da era pós-internet

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Balneário Shopping presenteia clientes do estacionamento com mimos especiais

Até o final de setembro, o “Blue Card – Visita Premiada” surpreenderá 1001 clientes com mimos e atrações especiais

Desde o final anunciado de Game Of Thrones, o canal HBO vem dando um tiro certo atrás do outro, todos muito bem acertados, diga-se de passagem.

Medo de perder a audiência para sua concorrente direta Netflix? Talvez.

Anteriormente aqui nesta coluna, foi enaltecido o sucesso Chernobyl, drama que explorava os terríveis acontecimentos do acidente nuclear na Ucrânia.

E se é um bom drama hiper-realista que o telespectador gosta, isso a HBO sabe bem.  

A nova série da emissora, Euphoria, usa e abusa do realismo chocante da geração millenium, que em meio de redes sociais, nudes, drogas e sexo casual, busca sentir tudo, mas acaba não sentindo nada.

No ar desde 16 de junho, no momento que esta publicação está sendo escrita, já foram exibidos 7 episódios da trama criada por Sam Levinson. O suficiente para dizer: Euphoria é digna do sucesso que está fazendo.

Quando o trailer da produção começou a ser divulgado (assista abaixo), muitos chegaram a comparar (justamente) com Skins (2007-2013) – série britânica que explorava as desventuras de adolescentes no ensino médio, se tornando um fenômeno mundial ao abordar questões relacionadas à juventude sem pudor.

De certa forma, Euphoria se assemelha à Skins devido sua forma e conteúdo. Ambas trazem à tona problemas que os jovens enfrentam. Entretanto, é justo também lembrar: muita coisa mudou desde que a primeira temporada da série britânica foi ao ar.

O telespectador mediano, que se entretém com os enredos açucarados de Malhação na TV Globo, deve olhar com espanto as cenas dessa série da HBO. Estamos aqui falando de uma produção para maiores de 18 anos sem pudor de exibir cenas de nu frontal, violência e consumo de drogas ilícitas.

A maior, e mais interessante contradição de Euphoria é essa.

É uma história sobre adolescentes, protagonizada por adolescentes, que só quer, e deve ser assistida, principalmente pelos seus pais.

Como diz o próprio cineasta Larry Clark, famoso por seus filmes controversos que retratam os excessos da adolescência americana: VOCÊ SABE O QUE SEUS FILHOS ANDAM FAZENDO?

  • Euphoria é exibida aos domingos, às 23h, no canal HBO.

por LUCAS MACHADO
jornalista
DRT 0006544/SC

ME SIGA NO INSTAGRAM: @machadations


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Confira o novo combo promocional da Personal Chef Fit Kris Borba

A Chef Kris traz nesse mês de setembro um combo Detox, super prático, econômico e muito saboroso
- Publicidade -