Divulgação

Balneário Camboriú já começa a se preparar para as sete escalas de cruzeiros previstas para a temporada 2017/2018, que inicia em novembro. Na última semana, uma reunião apontou o que deu certo e o que pode ser melhorado para as próximas escalas.

Em 06 de abril, a cidade recebeu o primeiro transatlântico, que aportou no Atracadouro Barra Sul, vindo de Búzios (RJ). O navio, de 333 metros de comprimento e 37 metros de largura, chegou com 3.808 passageiros, de 10 nacionalidades, e 1.280 tripulantes.

Um dos pontos altos destacados foi a diversidade de atrações colocadas à disposição dos turistas. Ao desembarcar, o visitante foi recebido com música e convidado a conhecer o artesanato, a cultura, a gastronomia e o comércio do Município. Um sinal de que a cidade agradou foi o grande número de passageiros que deixou para embarcar nos últimos momentos. Em média, de 200 a 300 pessoas retornam para o navio nas horas que antecedem o momento dele partir. Em Balneário Camboriú, o número foi três vezes maior.

A impressão da chegada do primeiro navio foi muito boa. Recebemos elogios do Ministério do Turismo. Estamos falando de um navio-teste. Imagina quando recebermos mais cruzeiros?”, disse o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Altamir Osni Teixeira, na reunião que contou com a presença também da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Fundação Cultural e também das empresas e entidades que participaram das atividades de recepção do cruzeiro.

De 3 mil a 3.400 pessoas desembarcaram do transatlântico, conforme Eduardo Nicolau da Costa, visitador de navio da Wilson, Sons Agência, agente do navio MSC Preziosa em Balneário Camboriú. Muitos passearam pela cidade e região. Somente com a Casa do Turista, que presta serviço para a MSC, 325 pessoas saíram em excursão, de acordo com o diretor da empresa, Antônio Carlos Lopes. Destes, 186 fizeram tours dentro de Balneário Camboriú. Já 139 foram para o Beto Carrero, em Penha, e Blumenau.

Um dos pontos apontados que deve ser melhorado para a próxima escala é a distribuição de material informativo. No dia 6, os visitantes receberam material sobre a cidade e segurança no desembarque. O objetivo agora é fazer com que folders cheguem aos passageiros ainda dentro do navio.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.