• O portal de notícias de Balneário Camboriú

A história do Poker: do Velho Oeste até o Poker Online

Conheça neste artigo a história por trás do Poker como o conhecemos hoje e passe a viver cada rodada de maneira diferente

Na velocidade dos tempos atuais, é difícil olharmos para algo que já existe e pensar em toda a história que levou aquilo a ser como é. A história do Poker, um dos jogos de cartas mais populares ao redor do mundo, também tem muita história para contar.

Neste artigo, tratamos de sua história, como ele veio a ser o que é hoje e momentos marcantes que o popularizaram para além das quatro paredes dos cassinos. Se você nunca jogou, chegou sua hora de fazer parte acessando o Jogar no ICE Casino.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O que é o Poker?

É possível definir o esse jogo como um jogo de cartas. Nele, os apostadores recebem duas cartas e precisam formar combinações com as cartas que são viradas na mesa.

A cada rodada, o ganhador é quem possui a mão mais forte. Mas isso não definiria nem metade do que é este jogo. Grande parte do poker está nas jogadas extra-mesa. Na leitura que cada jogador faz das possibilidades e do modo com que agem os outros companheiros.

Conheça abaixo a rica história por trás dele e passe a ter uma visão especial sobre o poker.

O carteado no rio Mississipi

Os europeus que colonizaram a costa leste dos Estados Unidos já possuíam jogos semelhantes ao jogo. Entretanto, as atividades comerciais que ocorreram ali desencadearam diversas atividades de entretenimento, como casas de apostas fluviais e os famosos saloons.

Foi no século XIX, em New Orleans, que o jogo começou a se popularizar de verdade. Devido às longas travessias, mesas com jogos de cartas eram montadas para que os viajantes pudessem ter um passatempo. Também contribuía com a renda do dono do barco, que podia faturar um dinheiro extra.

Caubóis apostadores no Velho Oeste

A colonização do oeste dos EUA partiu de diversos portos ao longo do Rio Mississipi. Por cortar praticamente toda a costa leste, era um caminho fluvial estratégico.

Termos como “faroeste” são a junção de “far” e “oeste”, ou seja, lugares longínquos da costa oeste – onde as primeiras colônias estadunidenses se formaram. As viagens eram longas, semelhantes às que realizavam as expedições bandeirantes no Brasil.

Em cada ponto onde os mineradores, caubóis e exploradores formavam assentamento, uma pequena vila era criada. Farmácias, comércios e afins não poderiam faltar. Outro estabelecimento comum eram os saloons (bares americanos desta época).

Este era o local onde os homens, mulheres, viajantes e afins congregavam ao final do trabalho braçal. Bebidas e jogos eram a principal atração e recheavam a noite.

Os que estavam de passagem aprendiam as regras do jogo e ensinavam em seu destino final. Foi assim que diversas variações regionais surgiram. Até os dias atuais, a versão mais popular é o Texas Hold’em, concebido no estado do Texas.

Dos bares ao glamour

No início do século XX, os EUA passaram por uma bonança econômica sem precedentes. Inúmeros cassinos suntuosos foram criados ao redor do país. Eram verdadeiros recantos para os ricos e importantes da época.

Naquela época, a única referência de cassinos eram os europeus, principalmente os franceses. Por ter passado por um processo de independência recheado de guerras, havia certo orgulho em se reapropriar destes elementos culturais.

Como esforço para preencher os salões de convivência com aquilo que não era apenas do gosto dos antigos colonizadores, diversos jogos de azar americanos foram selecionados e incorporados. Entre eles, o poker.

Grande Depressão americana

Infelizmente, após a I e II Guerra Mundial, os EUA caíram numa depressão econômica sem precedentes. Neste momento, inúmeros cassinos fecharam as portas e o esse jogo voltou a ser jogado apenas em bares e mesas fechadas, uma vez que foi proibido em diversos estados.

Apesar de ter sido um momento terrível, foi importante para que apenas algumas décadas depois o poker fosse regularizado. Neste quesito, uma menção especial é necessária ao estado de Nevada, que viria a abrigar Las Vegas.

Nevada, Las Vegas e o WSOP

Começamos a nos aproximar da história recente e do poker como conhecemos. Foi dentro das portas de Las Vegas que o jogo se tornou o que é hoje. As mesas e torneios dos cassinos de Nevada foram fundamentais para que profissionais da área profissionalizassem o jogo e o percebessem como algo além do entretenimento.

Foi lá que a organização World Series of Poker estabeleceu base e passou a promover o jogo como um esporte. Seus torneios levam pessoas de todo o mundo para lá. É uma fonte de renda para muitas famílias e já fez inúmeros milionários.

Poker Online, a última fronteira

Com o surgimento da internet, os apostadores que não possuíam condições de se locomover até Nevada para jogar poker de alto nível foram agraciados com uma surpresa: o poker online. Diversas plataformas independentes, como a Pokerstars, surgiram. Nelas, era possível sentar na mesma mesa que grandes nomes do cenário profissional, sem sair de casa.

Hoje, com os avanços das tecnologias envolvidas no processo de transmissão ao vivo, novas formas de se jogar poker foram inventadas. Temos variações das mais simples até as mais midiáticas, com verdadeiros adornos dos programas de auditório.

No fundo, hoje só não se diverte numa mesa de poker quem ainda não descobriu como é prazerosa essa atividade.

Click CamboriúVida e EstiloCotidianoA história do Poker: do Velho Oeste até o Poker Online
PUBLICIDADE

Últimas notícias