- PUBLICIDADE -

Dagnoni analisa momento favorável ao turismo

"Nós temos os melhores lugares de lazer e entretenimento e temos uma cidade muito tranquila", motiva Dagnoni

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

(Lucas Medina / Divulgação)
(Lucas Medina / Divulgação)

O novo secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú, o empresário Hélio Dagnoni, disse esta semana que a transição política pela qual passa o Brasil, com novos nomes no cenário, deve ser vista como um momento de ação e reação. Inclusive o turismo deve ser beneficiado, mesmo que a passos lentos.

Dagnoni analisa que a moeda americana, o dólar, começa a recuar e dar fôlego ao empresariado, favorecendo também o investimento com lazer e entretenimento. Na sua opinião, com o dólar iniciando um período de queda, os empresários brasileiros importam e vendem mais, mantendo empregos e criando boas expectativas, que motivam inclusive as viagens pelo país.

Eu vejo que essa mudança na Presidência do Brasil provoca um momento de perplexidade na população, pois o novo presidente tem a certeza de 180 dias no cargo. Ele é um presidente interino, mas essa foi uma ação que o povo brasileiro exigiu, por causa de muitos problemas na antiga administração. Eu acredito que o novo presidente Michel Temer é uma pessoa muito sensata e que, mesmo com algumas dúvidas, deve acontecer a retomada da credibilidade no Brasil com ações internacionais e será um período muito bom para o turismo“, pontua.

Após a alta do dólar que o levou a casa dos R$ 4,20 em fevereiro, os atuais números conferem uma situação melhor à economia. A moeda foi comercializada na segunda-feira (16 de maio) em valores aproximados a R$ 3,65, e com esse recuo, Dagnoni analisa que o povo brasileiro consegue se adequar para fazer turismo tanto lá fora, quanto nos destinos brasileiros. “O turista nacional ou internacional não vai deixar de viajar pelo Brasil e temos que lembrar que estamos em um ano de Olimpíadas no País, o que o coloca na vitrine dos destinos turísticos para o viajante do exterior”.

Para ele, o turista não vai deixar de vir a Balneário Camboriú. “Isso porque temos algumas das mais belas praias do Brasil e acredito que toda essa transformação pela qual o país vai passar nesses próximos meses não vai interferir“. O secretário destaca que a tendência é melhorar, pois o dólar estando um pouco mais baixo, há uma reação positiva e a volta da confiança das pessoas.

Foco no internacional

A Secretaria de Turismo deve continuar seu trabalho de divulgação pelo país de modo acentuado, mas de acordo com o secretário Dagnoni, irá focar muito mais no turista argentino em 2016. Isso porque, conforme especifica, “o argentino continua muito intensamente interessado em Balneário Camboriú”.

Nessa última temporada, foi esse turista que salvou nossa economia. Eles vieram para cá, porque gostam daqui e foram bem atendidos. Então, nossa intenção é fazer com que ele volte mais vezes durante o ano, e aquele que ainda não veio, que venha conhecer nosso destino”, complementa. “Ele aqui sempre acaba gastando em nosso comércio, levando uma lembrança ou algum produto que para ele é mais caro em seu país“.

Turismo acessível

E são muitos os pontos favoráveis, para que Balneário Camboriú continue na rota do turista nacional e estrangeiro, independente da condição econômica do país. Balneário é uma cidade que tem bons preços e muitas atrações, que lembra o secretário, são de graça, como a principal delas que é a praia. “E nós estamos com uma ótima infraestrutura. Nossa mobilidade urbana está muito boa, desde os ônibus de turismo, que entram na cidade por setorização, até nas calçadas que estão sendo pavimentadas com pisos táteis, ou feitas com superfícies em relevo para quem tem limitação de visão. Ainda os acessos a cadeirantes que tem melhorado muito. Isso tudo vai ser ampliado com o nosso centro de eventos que está em construção“, frisa.

Entre as metas de Dagnoni está o trabalho para diminuir a sazonalidade de Balneário Camboriú. “Fiquei muito contente de vir para a secretaria, porque além de ser de Turismo, é também de Desenvolvimento Econômico, então estamos buscando esse desenvolvimento em período de baixa visitação no município. Não precisamos estar focados em divulgar a cidade somente para o verão. Temos, sim, que cuidar da nossa praia, que é o que Balneário mais vende, mas temos que incentivar também o turismo de outros segmentos, principalmente o de negócios, com a construção de centro de eventos“.

Pela condução de Hélio Dagnoni, a Sectur continuará divulgando Balneário Camboriú para um turismo de ano inteiro; sua vida noturna, a gastronomia, a segurança, a mobilidade, e todas as demais atrações que oferece. “Nós temos os melhores lugares de lazer e entretenimento e temos uma cidade muito tranquila“, motiva Dagnoni.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.