Janeiro será 15% melhor

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Jogaderia resgata cultura dos jogos de tabuleiro no Balneário Shopping neste final de semana

Evento especial objetiva conectar as pessoas e proporcionar experiências com jogos longe das telas eletrônicas

Depois de uma virada de ano excelente para os hotéis do Litoral de Santa Catarina, a expectativa permanece positiva para o mês de janeiro.

O presidente da Federação dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de SC, Estanislau Bresolin, estima um crescimento de 10% a 15% em relação ao mesmo período de 2009.

– Mas é preciso tempo bom, porque a chuva derruba o ânimo da viagem.

No ano passado, o presidente lembra que a ocupação ficou em 80% em janeiro e 67% em fevereiro.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina (ABIH/SC), João Eduardo Moritz, prevê 75% de ocupação.

A presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Balneário Camboriú, Karina Peters, é mais otimista e acredita que 85% dos leitos de Balneário Camboriú estarão lotados.

Ela avalia que os brasileiros serão maioria, por causa da defasagem da moeda argentina em relação ao dólar, que torna o “produto-Brasil” mais caro.

O diretor de turismo receptivo da Associação Brasileira das Agências de Viagem de SC (Abav), Kid Stadler, arrisca para janeiro a predominância de turistas brasileiros em SC, pela situação favorável da economia e o parcelamento mais longo dos pacotes e cruzeiros, além da situação desfavorável na Argentina.

Virada do ano praticamente lotou hotéis do Litoral de SC

Estão previstos pousos de 381 voos charter no Aeroporto Hercílio Luz, na Capital, para a temporada de verão, de novembro a abril. As procedências são Argentina, Uruguai e Chile.

O setor hoteleiro ainda comemora a virada do ano. Na Grande Florianópolis, 84,3% dos leitos foram ocupados, 4% a mais que o ano passado.

Ainda sem os números fechados em todo o Estado, Moritz estima 97% de ocupação. Ele cita a entrada das classes C e D no turismo, o tempo bom e a projeção de Florianópolis internacionalmente como razões para o sucesso.

Nos hotéis-fazenda e de águas termais, o presidente acredita em 99% de ocupação no Réveillon.

– Foi o melhor Réveillon dos últimos anos – afirma.

Kid Stadler afirma que em algumas praias chegou até a faltar lugar para dormir, como em Porto Belo e Balneário Camboriú, onde as reservas estavam fechadas uma semana antes do Ano-Novo.

Karina Peters, também acredita que houve lotação próxima a 100% na cidade no Réveillon, com turistas atraídos pela queima de fogos.

Fonte: Diário Catarinense


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Clínica Beleti: reabilitação orofacial e estética

Conheça um pouco do que a reabilitação orofacial pode fazer por você
- Publicidade -