Após cadelinha ser morta a tiros, Piruka protocola cinco leis pela causa animal

Vereador Piruka usa caso Bellinha para protocolar pacote de leis pró quatro patas

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

A Belinha, morta a tiros.

Há quase um mês, uma das cadelas de estimação da família do Vereador Piruka (PP) foi morta a tiros por um vizinho em Camboriú. O fato que gerou muita comoção, e fez com que o vereador progressista assumisse uma bandeira que antes não empunhava: a causa animal.

O vereador conta que, quando criança, teve um cachorro que ficou com sua família quase 14 anos, mas que nunca se sentiu a vontade para defender os animais. “Nunca pensei em abraçar esta causa, mas quando o problema bate a nossa porta vemos que temos responsabilidades”.

Na última sexta-feira (26), Piruka apresentou um pacote de legislações pró quarto patas, que consiste em cinco legislações: regulamentações de animais em condomínios residenciais, regulamentação de banho e tosa em petshops, regulamentação do transporte de animais de pequeno e médio porte no transporte público, concessão da tarifa social de água (baixo custo) para organizações que visam a proteção do animal, contribuição para organizações de proteção ao animal com R$1,00 real de cada conta de água recebida pela Emasa.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -