- PUBLICIDADE -

Prefeitura de Camboriú não envia respostas de requerimentos

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

A vereadora Jane Stefenn (PSDB) voltou a cobrar resposta de um requerimento que fez em outubro de 2014. No dia 23 daquele mês, a Câmara de Vereadores de Camboriú aprovou um documento em regime de urgência solicitando da Defesa Civil a listagem das pessoas contempladas com os apartamentos do programa PAC 2. O documento especificava que deveriam ser enviadas à Casa o nome completo dos beneficiados, assim como endereço e telefone de contato. Até o momento, a vereadora não teve acesso à listagem.

“Os apartamentos estão sendo entregues e não tive a possibilidade de averiguar as denúncias que recebi da comunidade”, explica ela. A vereadora aponta que o requerimento foi feito depois de reclamações de que pessoas que não se enquadravam nos parâmetros exigidos seriam beneficiadas. Entre elas, estariam funcionários públicos.

“Não é um desrespeito só comigo e com os outros vereadores, é um desrespeito com a população”, afirma. Jane lembra que em dezembro entrou em contato com a Defesa Civil e com a Procuradoria da Prefeitura para saber quando estes dados seriam enviados. Apesar da promessa de envio para a Casa, isso ainda não aconteceu.

O requerimento foi assinado também pelos vereadores Josenildo Rosa (PDT), Carlos Alexandre Martins (PSDB), Ângelo Gervásio (PMDB), Eliomar Getúlio Pereira (PV) e Eduardo Melo Rebelo (PMDB).

Pedidos de mais prazo

Nesta semana, a Prefeitura de Camboriú enviou para a Câmara o pedido de prorrogação de resposta de outros dois requerimentos apresentados pela vereadora Jane e aprovados em sessão. Um solicitava dados sobre a distribuição das crianças nas creches durante as férias. “Recebi muitas reclamações de mães sobre como os pólos de atendimento foram formados. As férias já acabaram e eles ainda solicitam mais prazo?”, questiona.

Outro requerimento com pedido de mais prazo para resposta refere-se a uma questão que teve ampla repercussão na comunidade: o corte de marmitas dos garis. “Isso ocorreu há três meses e a Câmara ainda não tem uma explicação oficial. É um absurdo”, critica a vereadora.

A explicação da Prefeitura nos pedidos de adiamento é que o acúmulo de trabalho nas Secretarias impede a elaboração das respostas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Galeria M.I.U. inaugura lado B com a exposição engenhariaREVERSA neste sábado, 12

A Galeria M.I.U. e o artista ONESTOdiesel convidam a todos para o pocketshow e uma tarde de texturas, contrastes, cores, vinhos e um bom papo
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.