- PUBLICIDADE -

Plenário debate mobilidade urbana em Balneário Camboriú

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

Foto: Orval Molina
Foto: Orval Molina

O plano de mobilidade urbana de Balneário Camboriú foi amplamente discutido na sessão ordinária desta quarta-feira (6), com a presença do secretário de Planejamento Urbano, engenheiro Auri Pavoni, que atendeu a solicitação do vereador Nilson Probst (PMDB) para explanar sobre o tema no plenário do legislativo municipal. A tribuna pública também foi ocupada pelo presidente da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Balneário Camboriú (Coopemar), Cleber Marques Maciel.

O secretário Auri Pavoni relatou que o governo municipal está com o plano de mobilidade em execução, que seguindo preceitos federais, deve priorizar uma sequência iniciando pelas pessoas, depois os veículos não motorizados, seguidos pelo transporte urbano e concluindo com os automóveis. Segundo Pavoni foi necessário inverter esta questão, “porque tudo isso depende de espaço. Tivemos que criar várias avenidas, e outras estão previstas no plano diretor, para que os automóveis consigam transitar e seja possível implantar ciclovias, melhorar as calçadas e por fim o transporte coletivo que precisa ter um espaço exclusivo para transitar”.

No planejamento para o transporte coletivo estão previstas duas grandes artérias na cidade, o binário com a 4ª avenida que vai desde a divisa com Itajaí até a Rua 3.700, e as avenidas Terceira e do estado transformadas em uma única avenida. Deverá haver um transporte diferenciado nas avenidas Brasil e Atlântica, com terminais de integração para os pontos de ônibus e também veículos menores que farão a chamada costura, transportando da 4ª Avenida até a Av. Atlântica e vice-versa, sem o pagamento de outra passagem.

“É preciso reformular a Av. Brasil, que talvez seja nosso principal problema por ter uma calha muito diminuta, mas nós temos alternativas. Creio que dentro de quatro ou cinco anos Balneário Camboriú terá um transporte coletivo modelo”, declarou o secretário Auri. Quanto ao sistema cicloviário há projeção para 75 km de ciclovias, hoje a cidade têm implantadas 18,6 km. Após a implantação na Av. Atlântica de uma ciclovia, serão feitas as ciclofaixas que vão ligar as grandes avenidas até a beira mar e deverão ser colocados paraciclos para estacionamento das bicicletas em toda a cidade.

Na questão das calçadas o secretário disse que muitas tiveram a ampliação da largura de dois para quatro metros. Há mais de um ano está sendo feito um levantamento que apontou não existir uma avenida que atenda 100% das condições de acessibilidade. Obstáculos como árvores, lixeiras e desníveis entre uma calçada e outra dificultam o caminhar de pedestres, principalmente cadeirantes, deficientes visuais e pessoas com dificuldade de locomoção. Auri salientou que a determinação do executivo é investir forte nas calçadas e que as avenidas foram divididas por hierarquização, com padrões desde quantidade do fluxo de pessoas até a largura de passeio. “A meta é que o poder público e a iniciativa privada façam em torno de 150 a 200 mil metros de calçadas. Daí nós vamos poder dizer que teremos uma cidade com a questão de mobilidade urbana eficiente”, conclui o secretário.

Após o relato, os vereadores sabatinaram o secretário Auri Pavoni acerca do tema apresentado, que respondeu aos questionamentos feitos por Marisa Zanoni (PT), Leonardo Piruka (PP), Marcos Augusto Kurtz (PMDB), Fábio Flor (PP), Pedro Francez (PSD), Roberto Souza Junior (PMDB), Moacir Schmidt (PSDB), Arlindo Cruz (PMDB), Orlando Angioletti (DEM), Nilson Probst (PMDB) e Asinil Medeiros (PR).

O presidente da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Balneário Camboriú (Coopemar), Cleber Marques Maciel, falou na tribuna pública aos vereadores para agradecer pela aprovação do Projeto de Lei 0200/2011, do vereador Roberto Souza Junior (PMDB), que dispõe sobre a criação do “Dia Municipal do Catador de Materiais Recicláveis” no município de Balneário Camboriú, a ser comemorado, anualmente, no dia 07 de junho. Cleber fez um discurso emocionado sobre as atividades do catador de lixo reciclável, que hoje tem reconhecimento da sociedade pela importância do seu trabalho para a sustentabilidade do planeta, com o reaproveitamento dos materiais pelas indústrias.

Ainda no momento do Tema Livre fizeram o uso da palavra os vereadores Pedro Francez (PSD), Roberto Souza Junior (PMDB), Marisa Zanoni (PT), Arlindo Cruz (PMDB), Nilson Probst (PMDB), Leonardo Piruka (PP) e Moacir Schmidt (PSDB). Com anuência do plenário seguiu-se a deliberação da Ordem do Dia sem o intervalo regimental.

Ordem do Dia

Projeto de Lei 0100/2011, do vereador Moacir Schmidt (PSDB), dispõe sobre a obrigatoriedade das escolas municipais incluírem nos seus currículos escolares, a história de Balneário Camboriú e potencialidades econômicas e turísticas. Em segunda votação os vereadores aprovaram o projeto por nove votos favoráveis, três contrários e uma ausência.

O Projeto de Lei 0136/2011, do vereador Roberto Souza Junior (PMDB) Dispõe sobre a instalação de câmeras de segurança nos ônibus coletivos do município de Balneário Camboriú. O plenário aprovou a emenda aditiva 351/2013. A vereadora Marisa Zanoni (PT) pediu vista ao projeto para fazer correções no projeto, que foi aprovado pelos vereadores.

O Projeto de Lei 0200/2011, do vereador Roberto Souza Junior (PMDB), dispõe sobre a criação do “Dia Municipal do Catador de Materiais Recicláveis” no Município de Balneário Camboriú.  O projeto foi retirado de pauta a pedido do autor, devido a uma emenda intempestiva, e deverá voltar para deliberação na próxima sessão.

Indicações encaminhadas na Ordem do Dia

Indicação 0317/2013, do vereador Orlando Angioletti (DEM). Indica ao Prefeito Municipal a instalação de sinalização nas ciclovias.

Indicação 0318/2013, do vereador Orlando Angioletti (DEM). Indica ao Prefeito Municipal a realização de estudos para a construção de uma praça para pista de skate na Avenida Martin Luther, entre as ruas Panamá e Paraguai, no Bairro das Nações.

Indicação 0319/2013, do vereador Asinil Medeiros (PR). Indica ao Prefeito Municipal a pavimentação asfáltica da Rua Carmelita Zimmermann, no Bairro da Barra.

Indicação 0320/2013, do vereador Asinil Medeiros (PR). Indica ao Prefeito Municipal a reforma da pista de bicicross, no Bairro dos Municípios.


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.