Assessoria do Piriquito emite nota sobre polêmica do YouTube

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

A assessoria de imprensa da Coligação Proteção e Segurança à Família emitiu nota de esclarecimento sobre a possível suspensão do portal de vídeos YouTube, decisão que a Justiça Eleitoral de Santa Catarina tomou caso o Google não removesse o vídeo solicitado pelo candidato a reeleição.

Segundo a assessoria, Piriquito entrou com representação contra o jornal Diário do Litoral (Diarinho), e não contra o Google – dono do YouTube. A decisão teria sido tomada após o jornal publicar um vídeo, intitulado MMA dos prefeituráveis, onde consta entrevista com o candidato da oposição e usa charge, ainda segundo a assessoria, ofensiva a Piriquito. A juíza Alaíde Maria Nolli, da 56ª Zona Eleitoral, determinou que o Diarinho retirasse o vídeo do ar.

“Não cumprido a decisão, a Justiça Eleitoral ampliou a situação e determinou a retirada do vídeo do YouTube pela Google Brasil Ltda. no prazo de 24 horas, sob crime de desobediência e multa diária de R$ 1.000,00”, concluiu.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -