• O portal de notícias de Balneário Camboriú

Dois assaltos à mão armada registrados em Balneário foram realizados por adolescentes

O que chama a atenção é que ambos os casos tiveram seus desfechos na mesma localização: na Rua Santa Cecília, no bairro Várzea do Ranchinho, em Camboriú

Na última semana dois assaltos marcantes foram registrados em Balneário Camboriú e o que chama a atenção é o fato de que ambos os casos foram realizados por adolescentes e tiveram seus desfechos na mesma localização: a Rua Santa Cecília, no bairro Várzea do Ranchinho, em Camboriú.

O primeiro caso aconteceu na segunda-feira, 08, quando uma conveniência foi assaltado por dois adolescentes. Na ocasião o funcionário foi rendido, e teve que permanecer no chão, após a dupla pegar o dinheiro do caixa e pegar produtos do local, um deles colocou a arma na cabeça do homem rendido e o ameaçou e logo em seguida os adolescentes fugiram.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O menor de idade, que portava a arma no assalto, foi preso pela PM no dia seguinte em um estabelecimento comercial no bairro Monte Alegre. Durante a abordagem ele tentou esconder um simulacro de arma de fogo na vegetação. Suspeita-se que seja a provável arma usada no assalto. Na sua residência, na Rua Santa Cecília, no bairro Várzea do Ranchinho, foram encontrados parte dos objetos subtraídos.

Já o segundo caso aconteceu no sábado, 13, por volta das 04h00, onde um motorista de aplicativo, de 39 anos, foi alvo de um assalto na 4ª Avenida, esquina com rua 2500. De acordo com a vítima, três adolescentes, um deles portando uma arma de fogo, anunciaram o assalto e fugiram do local com o veículo Nissan/Versa, da vítima.

Desconfiando se tratar do mesmo grupo que havia cometido o roubo na conveniência, a PM resolveu fazer uma barreira na rua Santa Cecília, no bairro Várzea do Ranchinho. No local a polícia estava realizando abordagem quando avistou um carro de aplicativo dirigido por uma mulher, com três ocupantes no interior, com características semelhantes aos autores do roubo.

A PM realizou a abordagem nos adolescentes e encontrou as roupas usadas no momento do crime, a chave do veículo roubado e o celular da vítima, já o veículo Nissan/Versa foi encontrado abandonado próximo a uma construção na região.

Já a arma usada no crime, que era um simulacro de pistola, foi encontrada na residência de um dos adolescentes, localizada na rua da abordagem, rua Santa Cecília.

Apesar da Polícia Militar não confirmar, tudo leva a crer que os adolescentes pertencem ao mesmo grupo

Relatos tenso da motorista que transportava o trio

abordagem na rua santa cecilia edited

A motorista de aplicativo conta que havia termina uma corrida nas proximidades quando recebeu a solicitação da corrida que iniciaria na rua Santa Cecília, no bairro Várzea do Ranchinho, até um mercado no Conde Vila Verde, no Monte Alegre, presumiu que fosse algum trabalhador local e resolveu aceitar a corrida.

Quando estava indo em direção ao endereço inicial a motorista passou pela barreira policial, e informou que estava indo buscar um passageiro sendo então liberada. Contudo, ao chegar próximo a um local escuro na rua, três adolescentes surgiram do nada, entraram no carro e através de uma mensagem de áudio avisaram alguém ‘que estavam a caminho’, nesse momento ela já sentiu medo e percebeu que a situação estava estranha.

A motorista relata que o local onde os adolescentes estavam era mais baixo e quando ela subiu pela rua Santa Cecília os giroflex das viaturas ficaram evidentes, nesse momento os adolescentes ficaram extremamente agitados dentro do carro e um chegou a berrar mandando ela retornar, a mulher foi incisiva e falou que iria prosseguir pois já teria passado pelos policiais e havia sido libera. A mulher conta que nesse momento a situação ficou muito tensa, e ela sentiu muito medo pois ficou evidente que realmente havia algo errado.

No entanto, a tensão atingiu seu ápice quando a polícia se aproximou do veículo, a motorista relata que rapidamente foi tirada de dentro do veículo por um PM, colocada na frente do carro e orientada a se abaixar, e só depois realizaram a abordagem nos suspeitos. Apesar da situação tensa que viveu, ela diz que se sentiu segura com a abordagem da Polícia Militar que demonstraram total preparo.

“Gostaria de deixar expresso minha gratidão aos PMs envolvidos, pois analisando a situação é nítido o cuidado que tiveram comigo”, relata a motorista.

Click CamboriúPolíciaDois assaltos à mão armada registrados em Balneário foram realizados por adolescentes
PUBLICIDADE

Últimas notícias