- PUBLICIDADE -

PM prende casal com 2kg de maconha na Meia Praia

Mais 400g de maconha foram encontradas no apartamento de vizinho

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

Na tarde de quinta-feira, 21,.nov.2019, policiais militares da 4ª Cia prenderam um casal pelo crime de tráfico de drogas.

Após receber informações via Central de Emergências, de que um casal estaria traficando na Rua 234 do bairro Meia Praia, a guarnição se deslocou até o local e permaneceu até o momento em que um veículo se aproximou para comprar a droga.

Foi realizada a abordagem nos usuários e nos suspeitos, sendo encontrado 25g de maconha com A.M.R., que afirmou ter comprado a droga na hora.

A mulher, identificada como M.T., informou aos policiais que realizava o tráfico e em sua residência teriam mais quantidades da droga. A guarnição fez buscas no apartamento dos autores, e foram encontrados aproximadamente 2kg de maconha, embaladas e prontas para a venda, a quantia de R$1365,00, caderno com anotações do tráfico, além de uma balança de precisão.

Durante as buscas, um morador do edifício informou que havia mais um morador que consumia a droga dos suspeitos. No apartamento do referido morador, os policiais encontraram mais 400g de maconha.

Diante dos fatos, a droga apreendida e os autores foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais cabíveis.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.