- PUBLICIDADE -

Menor é apreendido com carro clonado no Tabuleiro

Ao perceber que seria abordado, o rapaz tentou se desfazer de um aparelho celular, jogando-o em um terren

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?
carro clonado
Divulgação

A Polícia Militar de Camboriú apreendeu um menor de idade com um carro clonado, na tarde de segunda-feira, 07.jan.2019, na Rua Marmeleiro, esquina com a Rua Tulipa, no Bairro Tabuleiro, por volta das 17h20min.

Uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) estava em rondas pelo bairro, quando avistou um Ford Ka de cor branca com dois ocupantes, sendo conduzido por um menor de idade já conhecido dos policiais militares por práticas delituosas.

Ao fazer o retorno para realizar a abordagem, o veículo sumiu de vista. Em buscas, o menor de idade que estava conduzindo o veículo foi avistado caminhando pela Rua Marmeleiro.

Ao perceber que seria abordado, o rapaz tentou se desfazer de um aparelho celular, jogando-o em um terreno. Ele ainda tentou fugir, desobedecendo a ordem de parada da guarnição, mas foi rapidamente contido.

O aparelho celular dispensado foi recuperado, sendo um modelo de alto valor monetário. O menor de idade negou que o aparelho seria seu, mesmo com uma foto sua como fundo de tela.

Foram realizadas buscas, encontrado o Ford KA estacionado na Rua Macieira. Em consulta ao chassi, foi constatado tratar-se de veículo clonado.

O adolescente foi apreendido, sendo encaminhado para os procedimentos cabíveis junto com o aparelho celular e o carro clonado.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -