- PUBLICIDADE -

Homem é preso com 42 comprimidos de ecstasy na Avenida Atlântica

Ele foi denunciado após oferecer droga para um transeunte

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

PagAuto vende seu veículo em 50 minutos: em BC, Itajaí e Floripa

Na PagAuto seu veículo é vendido com avaliação profissional e pagamento na hora em uma negociação 100% segura

42 comprimidos de ecstasy
Divulgação

Na noite de sexta-feira (7), por volta das 23h30min, a guarnição do GOP da Guarda Municipal de Balneário Camboriú estava em patrulhamento preventivo pela região da Barra Sul quando foi abordada por um transeunte relatando que um outro indivíduo havia lhe oferecido droga.

O cidadão relatou que um sujeito que trajava calça marrom clara e camisa preta de manga curta tinha oferecido para ele um comprimido de substância semelhante à ecstasy. Sem aceitar a droga oferecida, ao ver a guarnição, o mesmo resolveu pará-la e denunciar o fato.

A guarnição de pronto começou a realizar diligências na região e localizou o homem denunciado na Avenida Atlântica, em frente ao estacionamento do Parque Unipraias, saindo de dentro de seu veículo, momento em que efetuou a abordagem.

Em revista pessoal foi encontrado 220 reais e procedendo com a revista veicular, foi encontrado na lateral da porta do motorista uma quantidade de 42 comprimidos de substância semelhante à ecstasy de cor roxa.

Diante dos fatos, a guarnição deu voz de prisão a M.F.S.D., 35 anos. O meliante, que já possuía 33 passagens policiais incluindo roubo, furto e estelionato, foi conduzido para a CPP juntamente com o veículo Voyage de cor prata, para procedimentos legais onde foi lavrado o Auto de prisão em flagrante delito por tráfico de drogas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.