- PUBLICIDADE -

PM prende quatro e apreende duas adolescentes por tráfico de drogas no Nova Esperança

Os quatro foram visto fumando maconha; as adolescentes tentaram impedir a abordagem

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

50 gramas de crack
Divulgação / PM

A Polícia Militar prendeu quatro homens e apreendeu duas adolescentes por tráfico de drogas na noite de quinta-feira (8), por volta das 21h, na Rua João Sebastião Domingos, Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú.

Uma guarnição avistou quatro homens fumando maconha próximos a um local conhecido por tráfico de drogas, e os mesmos, ao avistarem a viatura, correram para a residência a fim de dispensar a droga.

Em continuação, a Polícia entrou na residência, e neste momento duas adolescente tentaram impedir que a PM realizasse a abordagem.

Com apoio de outra viatura, foi feita a revista residencial, onde foi localizado 50 gramas de pedras de crack, quatro cigarros de maconha, um torrão de maconha e uma bicicleta, objeto proveniente de furto. Com uma das adolescentes que tentou impedir a abordagem, eforam encontrados R$ 377,00 em espécie.

D.J.B.R., 20 anos, H.O.F., 19 anos, J.I.L, 20 anos, W.G.L., 19 anos, (todos com passagens pela polícia) foram presos e as duas adolescentes, de 17 anos, foram apreendidas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.