Click Camboriú Polícia Polícia Civil encontra laboratório clandestino de documentos falsos em Camboriú

Polícia Civil encontra laboratório clandestino de documentos falsos em Camboriú

Cinco pessoas foram presas nas cidades de Balneário Camboriú, Camboriú e Tubarão

🕗 Publicado

em

- Publicidade -

NEWSLETTER

Receba diariamente nossas notícias por e-mail.

Divulgação
Divulgação

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú e Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (DEFREC) da Polícia Civil de Pelotas – RS deflagram operação policial que culminou com a prisão de cinco pessoas nas cidades de Balneário Camboriú, Camboriú e Tubarão.

A Polícia Civil gaúcha investigava um grupo de traficantes, e um dos investigados empreendeu fuga para a região de Balneário Camboriú, onde ficou homiziado na companhia de um suspeito de integrar e liderar uma organização criminosa que atua no estado do Rio Grande do Sul, e estava foragido do Presídio Regional de Pelotas desde o dia 4 de agosto deste ano, quando seis apenados fugiram do local após um caminhão derrubar o muro para a fuga dos detentos.

Na ocasião, os presos serraram as grades das celas onde estavam e pularam para a área do canil, usando uma corda confeccionada com lençóis, conhecida como Tereza. O caminhão utilizado para romper a muralha foi abandonado no local. Conforme relatos de moradores próximos, os presos fugiram em um carro e houve troca de tiros com policiais.

A Polícia Civil gaúcha investigava o caso desde o mês de agosto e descobriu que um dos foragidos estava residindo na região de Balneário Camboriú.

Na manhã desta sexta-feira (21), após monitoramento realizado durante toda a semana, policiais da DEFREC de Pelotas, coordenados pelo Delegado de Polícia Rafael de Souza Lopes e da DIC de Balneário Camboriú, coordenados pelo Delegado de Polícia Osnei Valdir de Oliveira, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal deflagraram a operação para a prisão dos investigados.

A operação se iniciou com a prisão do homem investigado por envolvimento com o tráfico ilícito de drogas, que foi acompanhado e preso na cidade de Tubarão, em decorrência de haver um mandado de prisão em seu desfavor.

Na sequência o foragido do Presídio Regional de Pelotas foi preso na cidade de Camboriú, e no imóvel onde se encontrava foram apreendidos documentos falsos que utilizava bem como uma cédula de identidade falsa com a fotografia do homem preso inicialmente na cidade de Tubarão – SC.

Em razão das diligências desencadeadas durante a semana, resultando na identificação do responsável pela falsificação de documentos, as Equipes se dirigiram até a Rua Belo Horizonte, no bairro Areais, em Camboriú, onde os policiais localizaram-no, e por ser foragido da Justiça, apresentou documentação falsa.

No apartamento foi encontrado um laboratório clandestino para confecção de documentos de identificação, resultando na apreensão de vários documentos já falsificados. Entre os objetos estavam fotografias 3×4 que seriam utilizadas em documentos a serem falsificados; carimbos; impressoras; aparelhos para impressão de marca d’água; produtos químicos utilizados na falsificação; espelhos de documento em branco; equipamentos mecânicos e software destinado à contrafação de documentos.

Em sequência a operação, outros dois homens foram presos em uma lanchonete localizada na Avenida do Estado, no Centro de Balneário Camboriú. Com eles foram apreendidos diversos cheques em nome de pessoas que haviam sido vítimas de furto, os quais seriam depositados.

A investigação aponta que os dois homens possuem ligação com os demais, inclusive, um deles estava aguardando o recebimento de duas CNHs falsificadas, que foram encontradas em poder do falsificador quando das diligências realizadas na Rua Belo Horizonte.

Além do laboratório clandestino, também foram apreendidos diversos cheques e valores em espécie, no total foram apreendidos mil dólares americanos; R$ 200,00 (duzentos reais) e um veículo Chevrolet/Prisma.

As diligências se estenderam por todo o dia, e no final da tarde, a Equipe da DIC retornou à residência do falsificador, e num fundo falso, foram apreendidos outro grande volume de espelhos para a falsificação de carteiras de identidades e carteira nacional de habilitação de vários estados da federação, totalizando 169 espelhos cédulas de carteira de identidade; 203 espelhos para CNH.

Havia também um grande número de impressos de papel moeda utilizados para confecção de registro de nascimento e casamento, num montante de 28, bem como 52 Certificados de Registro de Veículos do estado de Santa Catarina, além de uma grande quantidade de cheques em branco, totalizando 551 cheques em branco, os quais seriam preenchidos (clonados), e inseridos no mercado. Está sendo investigada a origem dos documentos, pois se suspeita que sejam produtos de furto e/ou roubo.

O Delegado de Polícia Osnei destaca a importância da interação e troca de informações que vem ocorrendo entre a Polícia Judiciária dos estados, resultando no desmantelamento de quadrilhas.

O Delegado salientou também a importância das prisões realizadas na última sexta-feira, “pois além de realizar a captura de foragidos da Justiça, possibilitou desarticular a atuação de um dos maiores falsificadores de documentos da região e que atendida os três estados da região sul, fomentando o crime de estelionato nas várias modalidades, lesando um grande número de pessoas, bem como de clonagem de veículos, mediante o fornecimento de documentos falsificados, além de propiciar que foragidos da Justiça vivessem normalmente após a obtenção de documentos falsos, representando um duro golpe nos falsificadores”.

Os equipamentos de informática serão submetidos à perícia, o que permitirá identificar as pessoas que se beneficiaram com o uso de documentos falsos, bem como para a prática do crime de estelionato.

Os cinco homens foram autuados em flagrante pela prática dos crimes de uso de documento falso e associação criminosa, e serão indiciados em outros crimes que foram identificados durante as investigações, e após os procedimentos cartorários foram conduzidos ao CPVI – Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí.

As investigações prosseguem para esclarecer o possível envolvimento de outras pessoas nestas práticas delitivas.


COMENTE ABAIXO ⬇
- Publicidade -

ESPECIAL

4º Balneário Beer Week traz cultura cervejeira ao Balneário Shopping

De 23 e 26 de maio, o 4º Balneário Beer Week trará uma programação especial envolvendo cervejarias da região, música e outras atrações ao Balneário Shopping

Balneário Shopping apresenta BS Hall para mercado de eventos

O BS Hall já é o endereço consagrado de eventos que levam a marca do Balneário Shopping

Cinematerna exibe “De Pernas Para o Ar 3” e traz bate-papo sobre Maternidade Mais...

O terceiro filme da série “De Pernas Para o Ar” será a atração do Cinematerna desta quarta-feira, 8 de maio, no Balneário Shopping
Publicidade