DIC BC identifica quadrilha que comercializava veículos clonados

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

RANGE ROVER
Divulgação

A Policial Civil de Balneário Camboriú, por meio da Divisão de Investigações Criminais (DIC), finalizou inquérito policial que desmantelou quadrilha que comercializava veículos clonados, sendo o procedimento policial encaminhado na última sexta-feira (24/10/2014) para a 2ª Vara Criminal da Comarca de Balneário Camboriú.

As investigações

O desmantelamento da quadrilha é fruto de um trabalho conjunto envolvendo as Polícias Civis dos estados de Santa Catarina e Paraná. As investigações tiveram início no mês de abril do corrente ano, após a apreensão do veículo Toyota RAV4, placas EVV4745, registrada na cidade de São Paulo – SP, ocorrida no dia 14/04/2014.

Policiais Civis da cidade de Maringá – PR informaram a Equipe de Investigação da DIC – BC da possibilidade de o veículo Toyota RAV4, placas EVV4745 de São Paulo – SP estar circulando na cidade de Balneário Camboriú – SC, ressaltando que se tratava de um veículo clonado.

Após diligências, a Equipe de Investigação logrou na localização e apreensão do veículo, que se estava em uma lavação situada na Rua 2.500, Centro de Balneário Camboriú. O proprietário do veículo, Renan Ullrisch de Pádua foi identificado e após a sua localização, foi interrogado acerca dos fatos. Com o aprofundamento das investigações, constatou-se que se tratava da atuação de uma quadrilha que se dedicava ao comércio de veículos roubados, os quais tinham os sinais identificadores adulterados e inseridos no mercado.

As investigações possibilitaram identificar os principais envolvidos, bem como o modus operandi desta organização criminosa. Os veículos adulterados eram anunciados tanto em perfis mantidos na rede de relacionamento Facebook, quanto em sítios eletrônicos de anúncios, sempre com preços atrativos, eis que abaixo do valor de mercado, além das facilidades anunciadas para a aquisição.

Com a constante troca de informações com a Polícia Civil Paranaense, além da identificação dos autores, logrou-se na apreensão de alguns veículos adulterados e que foram comercializados pelos integrantes desta organização criminosa. Verificou-se ainda que a quadrilha fazia uso de documentos autênticos para a inserção dos dados dos veículos, tratando-se de CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, furtados na cidade de Navegantes – SC no dia 19/03/2012.

Durante as investigações foram identificadas algumas contas bancárias utilizadas pela quadrilha para o depósito dos valores auferidos com a venda dos veículos, sendo constatado que em pouco mais de um ano foi movimentado cerca de R$ 400 mil.

Operações realizadas

No dia 25/05/2014, R.A.M.L.J. e D.A.B.P. foram presos pela Polícia Civil de cidade de Maringá – PR, sendo flagrados na posse de uma camioneta Range Rover Evoque de cor prata, placas AXL5888, registrada na cidade de São Paulo – SP, tratando-se de um “veículo clonado”.

No dia 04/06/2014 a Equipe de Investigação da DIC – BC prendeu em flagrante J.H.P.T., C.D.J. e P.R.A. da S., os quais estavam comercializando o veículo Ford Fusion de cor branca, placas MKD2220, tratando-se de um veículo clonado, que havia sido roubado em Balneário Camboriú – SC no dia 19/05/2014.

No dia 25/02/2014 foi apreendido na cidade de Marialva – PR, o veículo Honda/Civic de cor preta, o qual utilizava as placas AOJ0474, registrado na cidade de Maringá – PR, pertencente a um veículo semelhante, tratando-se, portanto, de um “veículo clonado”. Após a realização de perícia veicular, constatou-se que o veículo apreendido possuía origem ilícita, tratando-se de um veículo roubado na cidade de Porto Alegre – RS, em 04/10/2013.

No dia 07/10/2014, em Ji Paraná – RO, a Polícia Rodoviária Federal prendeu R.M.H., que se dirigia para a cidade de Ariquemes – RO, com o propósito de levar uma camioneta GM/S-10 de cor prata, que possuía afixadas as placas NGH3871, registrada na cidade de Anita Garibaldi – SC. Após uma série de averiguações, constatou-se que se tratava de um veículo “clonado”. O autor foi conduzido e autuado em flagrante pela Polícia Federal.

Com a conclusão das investigações, a Autoridade Policial indiciou oito pessoas pela prática de vários crimes, dentre eles, receptação, associação criminosa, falsificação de documento público e particular, adulteração de sinal identificador, falsidade ideológica e estelionato.

O Delegado de Polícia Osnei Valdir de Oliveira destaca a importância de combater esta modalidade criminosa, pois com o desmantelamento de quadrilhas que praticam esta atividade delitiva, consegue-se estancar um dos grandes problemas que atinge a segurança pública, que é o roubo de veículos, bem como o furto de documentos em setores de trânsito para posterior utilização pela quadrilha.

Ressalta ainda os resultados positivos alcançados com a interação e troca de informações ocorridas entre as instituições de segurança, bem como a celeridade obtida nas diligências realizadas no estado do Paraná pela Equipe de Investigação da cidade de Maringá – PR, coordenada pelo Delegado de Polícia Leandro Roque Munin.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -