- PUBLICIDADE -

Adolescentes são estupradas e espancadas em BC

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191

Na foto, o local onde o homem levou as adolescentes e o momento em que a sandália de uma das meninas foi localizada. Foto: Núcleo de Prevenção as Drogas e Pedofilia.
Na foto, o local onde o homem levou as adolescentes e o momento em que a sandália de uma das meninas foi localizada. Foto: Núcleo de Prevenção as Drogas e Pedofilia.

Duas adolescentes de 13 e 14 anos foram estupradas na mata próximo a Praia de Laranjeiras em Balneário Camboriú na madrugada desta quinta-feira (06). Elas tinham marcas de agressão pelo corpo e marca de esganadura no pescoço.

Segundo o relato vítimas, elas são moradoras do bairro Monte Alegre, em Camboriú, e costumam ficar em Balneário Camboriú durante a noite. Elas estavam na Avenida Alvin Bauer, entre 4h e 5h da manhã, quando um homem, com idade aparente entre 45 e 50 anos, parou com seu Fiat Uno vermelho e puxou conversa com as jovens.

Após conversarem sobre vários assuntos, o desconhecido começou a falar de sexo. Uma delas disse que ainda era virgem, então, o homem ofereceu R$ 500 para sair com ele.

Elas resistiram a entrar no carro do desconhecido, mas foram convencidas por ele e cederam ao pedido. Em seguida, foram levadas para uma casa de cor verde, localizada em um condomínio fechado e, logo depois a um matagal próximo à Praia de Laranjeiras, onde foram estupradas e agredidas.

Após serem violentadas, uma delas conseguiu andar por alguns quilômetros e pedir ajuda. Polícia Militar, Conselho Tutelar e o Núcleo de Prevenção as Drogas e Pedofilia foram empenhados na ocorrência, e levados até o local onde foram abandonadas pelo criminoso. A outra garota permaneceu no local, sangrando e abalada com o que havia acontecido.

Uma força tarefa, em conjunto com a Polícia Militar, foi realizada para tentar localizar o agressor, mas o criminoso não foi localizado. As vítimas foram hospitalizadas e vão receber acompanhamento médico e psicológico.

 


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.