- PUBLICIDADE -

Polícia elucida caso das mortes de dois adolescentes na Interpraias

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, esclareceu as circunstâncias da morte de dois jovens, cujos corpos foram encontrados às margens da Rodovia Interpraias, no dia 3 de abril deste ano. Foram identificados os corpos de Dimas Felipe Schutell, 17 anos; e Gustavo Luiz Frizon, 14 anos.

O caso

A DIC foi acionada logo que o primeiro corpo foi encontrado, no dia 3 de abril de 2012, por funcionários da Secretaria de Obras, da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, que realizavam a limpeza das margens da Rodovia Rodesindo Pavan, na Praia de Taquaras. O cadáver estava já em um estado avançado de decomposição

O segundo corpo foi encontrado logo em seguida, durante as buscas por evidências e ampliação da área periciada, enquanto já estavam sendo realizados os trabalhos pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). Além do corpo, parcialmente esqueletizado pela ação do tempo, foi encontrada uma bicicleta que apresentava avarias, de acordo com o Laudo Pericial de Exame em Local Cadavérico.

Identificação dos corpos

Devido ao estágio em que os corpos se encontravam, não foi possível a identificação por meio de reconhecimento, então foi requisitada ao Instituto Médico Legal (IML) a coleta de material genético para realização de exames de DNA. Após localização de familiares que possuíam pessoas desaparecidas e coleta de material genético para confronto, por meio do exame de DNA, foi identificado Dimas Felipe Schutell, 17 anos, que residia na cidade Itapema.

Os familiares de outro jovem, Gustavo Luiz Frizon, também foram localizados, mas, pelo fato de ser filho adotivo, o exame de DNA não possibilitou a identificação. Esta só foi possível com a análise da arcada dentária.

Foi apurado que os dois jovens tinham desaparecido desde 8 de março de 2012. Em relação à vítima Dimas, não havia nenhum registro acerca do sumiço, já os familiares de Gustavo haviam registrado o desaparecimento do adolescente, entretanto, as circunstâncias foram diferentes do desaparecimento de Dimas.

Conclusão

Com o término das investigações e com base nos laudos periciais conclui-se que a morte dos jovens foi decorrente de um acidente de bicicleta, pois ela  estava em péssimas condições. Quando eles passaram por uma curva acentuada em declive, sem o freio, eles acabaram perdendo o controle e se chocaram com a mureta de proteção existente na lateral da via. Em função do choque, os corpos foram lançados para uma ribanceira, e tiveram um forte impacto com as pedras, ocasionando as fraturas de crânio descritas nos exames cadavéricos.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.