- PUBLICIDADE -

Motorista de van escolar que estuprava alunas é preso em Penha

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

estupradorA Polícia Civil, por meio da Delegacia de Penha, cumpriu Mandado de Prisão Preventiva em desfavor de Genival dos Santos, vulgo “Gege”, 38 anos, acusado dos crimes de estupro de vulnerável (menor de 14 anos) e entrega de substância que possa causar dependência física ou psíquica a crianças e a adolescentes, ontem (30), em Penha.

O CASO

vanAs investigações tiveram início depois que um grupo de mães, acompanhadas de suas respectivas filhas, vieram à Delegacia de Penha denunciar que as filhas teriam sido violentadas ou molestadas por “Gege”, que era proprietário e motorista de uma van escolar contratada para levar crianças para a escola. As meninas utilizavam o serviço da van.

De acordo com os depoimentos prestados pelas adolescentes, “Gege” vinha mantendo relações sexuais há cerca de dois meses com uma adolescente de 13 anos. Frequentemente, ele a convencia a faltar aula para passear de van pela cidade, momento que mantinha relações sexuais com a menina, dentro da própria van.

Além dessa adolescente, mais outras duas, que também utilizavam a van, relataram abusos por parte do motorista. Um delas, de 14 anos, só não manteve relações sexuais com “Gege” porque depois de ingerir muita bebida alcoólica adormeceu, ficando impossibilitada de praticar qualquer ato. O Delegado responsável pelo caso, Procópio Batista de Silveira Neto, salienta que era “Gege” quem oferecia bebidas alcoólicas para as garotas.

cervcamOutras adolescentes prestaram depoimento e também afirmaram que “Gege” sempre lhes faziam insinuações de cunho sexual com a intenção de persuadi-las a manter relações sexuais com ele.

Diante dos depoimentos, foi representado e deferido Mandado de Prisão contra “Gege”. Ele foi preso na Avenida Itapocorói, enquanto dirigia sua van e transportava crianças entre 2 e 16 anos para suas respectivas escolas. Após buscas no veículo, uma lata de cerveja e um preservativo foram encontrados.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.