- PUBLICIDADE -

Homem é preso 13 anos após homícidio

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Trader Jader Nogueira exibe ganhos milionários e contraria matéria do Fantástico

Publicação na rede social do influenciador viralizou e pessoas se identificaram

Luis Epitcio Pessoa da Silva grande
Luis Epitacio Pessoa da Silva

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Balneário Camboriú, prendeu por homicídio Luís Epitácio Pessoa da Silva, vulgo “Luís Cabeludo”, 58 anos, natural de Paulo Bento (RS), segunda-feira (15), em um bar chamado “Associação Município Esporte Clube”, em Balneário Camboriú.

“Luís Cabeludo” efetuou três disparos de arma de fogo calibre .38, de fabricação argentina, contra Edson Zimermann, 28 anos, em 24 de maio de 1998, na Rua Capitão Ernesto Nunes, bairro Cedro, em Camboriú.

O motivo do crime foi Zimermann ter agredido o pai de “Luís Cabeludo” um dia antes do homicídio. Por este motivo foi julgado e condenado à pena de quatro anos e seis meses de prisão.

O homicida também foi autuado em flagrante por estar, no momento da prisão, vendendo DVDs e CDs piratas. Foram apreendidas 802 peças pirateadas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Fique bem informado com as notícias do Click Camboriú através do Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan promove plantão de matrículas neste sábado com desconto exclusivo

Novos alunos ganharão desconto de 20% na primeira mensalidade de cursos presenciais; Quem optar por graduação EAD começa a pagar só em julho de 2021
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.