Um dos chefes do tráfico da região é preso

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Everaldo Braslio de Souza, vulgo Bugre

Polícia Civil, por meio da Delegacia da Comarca de Camboriú, com apoio da Delegacia de Monte Alegre e do canil da Polícia Militar, realizou hoje uma Operação que resultou na prisão Everaldo Brasílio de Souza, vulgo “Bugre”, 26 anos, um dos maiores traficantes da região de Monte Alegre.

“Bugre”, que é foragido da Penitenciária de Guarapuava (PR), onde tem duas condenações por tráfico de drogas sendo uma de 11 anos e outra de 10 anos, foi encontrado e capturado no Bairro Monte Alegre, na localidade conhecida como Conde Vila Verde, em Camboriú, após cerca de três meses de investigação. Ele também é suspeito de autoria em alguns homicídios ocorridos em Camboriú neste ano.

Depois do levantamento de informações, os Policiais Civis apuraram onde “Bugre” estaria escondido e que ele estaria mantendo relações sexuais com uma menina de 12 anos. Após acionamento do Conselho Tutelar, a polícia se deslocou até a residência de “Bugre”, confirmando a presença da menina e localizando e prendendo o criminoso.

Com o traficante foi encontrado um pequeno torrão de maconha e confirmado que ele mantinha relações sexuais com a menina e que era foragido da Penitenciária do Paraná. “Bugre”, após receber voz de prisão, foi encaminhado à Delegacia para os procedimentos policiais. Ele também responderá por estupro de vulnerável.

“Bugre” foi conduzido ao Presídio de Balneário Camboriú. A menina, na presença de sua mãe, foi atendida pelo Conselho Tutelar do Município.

Investigação e Operação

Investigado há cerca de 90 dias, a Polícia Civil conseguiu chegar até “Bugre” por meio de investigação, monitoramento e troca de informações entre a Polícia Civil catarinense e paranaense. Levantados os indícios, foi executada a Operação, coordenada pelo Delegado Rodrigo Coronha, que tinha como objetivo a prisão de “Bugre”. A ação policial foi uma continuação dos trabalhos da força tarefa criada com o intuito de acabar com a onda de crimes e homicídios na cidade de Camboriú.

Para se esquivar das autoridades, “Bugre” usava documentação do irmão Luciano Batista de Souza. Desde que se mudou para Camboriú, há cerca de dois anos, voltou a traficar e controlava o tráfico no Alto do Conde Vila Verde, no bairro Monte Alegre, em Camboriú.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -