- PUBLICIDADE -

Integrante de quadrilha que lesou vítimas em meio milhão de reais é presa

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia da Comarca de Balneário Camboriú, prendeu na tarde de ontem (30), uma mulher acusada de integrar uma quadrilha de estelionatários que agia nos municípios de Balneário Camboriú, Itajaí e Blumenau. Trata-se de Ilsa de Fátima Pereira, presa no Centro de Balneário Camboriú, Litoral Norte do Estado. A fraude aplicada pelo grupo pode ter ultrapassado meio milhão de reais.

O golpe

Os estelionatários ofereciam cartas de crédito de consórcios às vítimas, enganando-as de tal forma, que recebiam o total dos valores negociados. Em seguida, todos sumiam sem deixar vestígios, antes que as vítimas percebessem que caíram na fraude.

Ilsa também utilizava nomes falsos de Radassa Pereira, Roberta Radassa ou Fátima Radassa.

De acordo com o Delegado Daniel Garcia, a mulher estava sendo investigada há meses. Na tarde de hoje, após monitoramento, acompanhamos uma pessoa que também cairia no golpe e prendemos a estelionatária.

Segundo Garcia, a prisão da acusada é decorrente do Mandado de Prisão Preventiva decretado pela Comarca de Itajaí.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Imobiliária de Balneário Camboriú aluga imóvel em até 30 dias ou paga o condomínio

A imobiliária promete alugar o imóvel em até 30 dias, ou pagar o condomínio ao proprietário
- PUBLICIDADE -