- PUBLICIDADE -

Homem liga para polícia e confessa assassinato da ex-esposa

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

O Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) de Taió recebeu na manhã deste domingo o telefonema de um homem que queria se entregar porque havia matado a ex-esposa sábado, em Balneário Camboriú. Paulo César de Jesus afirmava estar em frente à delegacia de Pouso Redondo.

Os policiais foram até o local e, após contato com agentes de Balneário Camboriú, confirmaram o homicídio de Aida Rosane Murillo, 28 anos. Aida foi assassinada com quatro facadas sábado – uma na face, duas no peito e uma nas costas. Paulo César já havia sido apontado como o autor do homicídio. Ele teria tentado também esfaquear uma adolescente de 14 anos, que conseguiu fugir.

Após o crime, o homem permaneceu foragido até domingo. A vítima já havia registrado boletim de ocorrência por ameaças e havia conseguido uma medida protetiva de afastamento do lar, que impedia que o ex-marido se aproximasse da residência dela. Após se entregar, Paulo César foi conduzido por policiais militares até a delegacia de Rio do Sul.

Fonte: Diário Catarinense


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.