- PUBLICIDADE -

INVESTIGAÇÃO POLICIAL: Polícia Civil intima grupo que teria sido agredido

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

O delegado Rodrigo Coronha intimou o grupo que teria sofrido agressão de policiais militares sábado nos fundos da delegacia de Camboriú.

As supostas vítimas agrediram o soldado José Francisco Antunes, 31, que, segundo a Polícia Civil, fazia um bico como segurança do posto de combustíveis Sabiá, em Camboriú, e tentou apartar uma briga no quiosque ao lado do posto. Antunes conseguiu pedir apoio ao Pelotão de Patrulhamento Tático PPT de Balneário Camboriú e os agressores dele foram presos. Na delegacia, conforme o delegado Coronha, os agressores teriam sido torturados com spray de pimenta, choque elétrico e chutes.

A Polícia Civil ainda não recebeu os nomes dos agentes do (PPT), que teriam agredido os sete homens. O delegado espera interrogar os militares na próxima semana.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.