Porteiro é preso após assediar menina em condomínio em Balneário Camboriú

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Ex-Masterchef ministra curso de risotos na UniAvan

Chef Victor Hugo Garcia irá ensinar cinco receitas de risotos e arancini; Vagas para o curso são limitadas

Um porteiro de 50 anos aguarda em liberdade a investigação de atentado violento ao pudor feita pela Delegacia da Mulher, Criança e Adolescente de Balneário Camboriú, no Litoral. Domingo à noite, ele foi preso após mostrar um vídeo de masturbação para uma menina de nove anos.
O suspeito trabalhava em um condomínio de classe média no Centro. De acordo com a Polícia Militar, a menina brincava com outras crianças em frente ao prédio, quando o porteiro a convidou para entrar em uma sala. Ele mostrou fotos e vídeos com teor pornográfico em um aparelho celular.

A criança fugiu do local e procurou a mãe. Os pais chamaram a polícia, e o porteiro foi preso. O homem prestou depoimento nesta segunda-feira e foi liberado por não ter antecedentes criminais e possuir endereço fixo.

Na avaliação da psicóloga Fernanda de Melo Brito, a atitude da criança mostra que ela foi alertada em casa sobre esse tipo de assédio. Segundo ela, a conversa franca é a melhor prevenção.

Fonte: JORNAL DE SANTA CATARINA


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Jogaderia resgata cultura dos jogos de tabuleiro no Balneário Shopping neste final de semana

Evento especial objetiva conectar as pessoas e proporcionar experiências com jogos longe das telas eletrônicas
- Publicidade -