Programa ABRAÇO e GM evitam golpe em idosa no centro de BC

Dois homens estariam tentando fazer saques bancários e transferência de imóvel da idosa que tem Alzheimer

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Divulgação

Nesta sexta-feira, 10, o Programa ABRAÇO de Proteção à Pessoa Idosa e a Guarda Municipal de Balneário Camboriú impediram que uma idosa, moradora do Centro, fosse vítima de um golpe. Dois homens, que se apresentavam como advogados estariam tentando fazer saques bancários e transferência de imóvel da vítima.

O ABRAÇO foi acionado por funcionários do restaurante do SESC, que conheciam a idosa e desconfiaram dos dois homens que estavam indo almoçar com ela. A idosa, que tem Alzheimer, já era acompanhada pela psicóloga da Secretaria da Pessoa Idosa.

“Quando as assistentes sociais do programa chegaram ao local, imediatamente reconheceram a vítima, que já estava saindo do restaurante acompanhada dos dois homens. Elas questionaram o que ela estava fazendo ali e porque estava afastada da Secretaria, e a idosa inocentemente falou que estava acompanhada do seu advogado (um dos golpistas) e indo para a Prefeitura transferir o apartamento para ele, e que também iria ao banco sacar dinheiro”, contou o coordenador do ABRAÇO, Paulo Senk Júnior.

As assistentes sociais acionaram a Guarda Municipal e também ligaram para o banco solicitando que o saque fosse impedido. A Guarda Municipal localizou a idosa e os golpistas na Avenida dos Estados, esquina com a Rua 971. “Em conversa com os guardas a senhora se mostrou muito confusa e relatou que havia conhecido um dos homens há 10 dias e que ele estava lhe ajudando a resolver alguns problemas relacionados aos seus imóveis. Também contou que ele estava frequentando sua casa, tendo acesso a seu celular e almoçando algumas vezes com ela. Ainda relatou que haviam saído do banco a poucos minutos onde a mesma tentou efetuar um saque, mas não conseguiu”, contou o subcomandante da GM, Luis Arlindo Borges.

Já os homens, quando questionados, disseram que não eram advogados e que estavam apenas ajudando a senhora, sem pedir nada em troca. Em revista pessoal, o celular da vítima foi encontrado com um dos homens. “Por eles terem feito a tentativa de saque e já possuírem toda a documentação pronta para a transferência do imóvel, faltando apenas pagar as taxas, tinha prova suficiente para a prisão”, contou Paulo Senk Júnior. A vítima e os dois homens foram encaminhados até a delegacia para procedimentos cabíveis.

O programa ABRAÇO está tentando localizar os parentes da idosa.

Os horários mais prováveis de alta são a 1h32 e 14h38 no sábado e 2h10 e 15h12 no domingo.

Posted by Click Camboriú on Friday, August 10, 2018

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -