- PUBLICIDADE -

Focos do Aedes aegypti em Itajaí são 250

Centro ainda continua a ter o maior número de focos positivos do vetor

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

dengue Aedes aegypti
(Divulgação)

OCentro e os bairros São Vicente, São João, Barra do Rio e Fazenda são as regiões que concentram o maior número de focos positivos de larvas do mosquito Aedes aegypti em Itajaí.

A informação é do Programa de Combate à Dengue, que divulgou nesta terça-feira (03), a sua atualização semanal de dados. Ao todo, Itajaí tem, no momento, 250 focos do vetor que transmite a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus.


Este é o número de focos positivos do Aedes aegypti registrados em Itajaí, por região:

Centro – 36
São Vicente – 34
São João – 32
Barra do Rio – 30
Fazenda – 29
Dom Bosco – 21
Salseiros – 20
Praia Brava – 19
Cidade Nova – 07
São Judas – 06
Cordeiros – 06
Ressacada – 03
Vila Operária – 03
Espinheiros – 02
Itaipava – 01
Cabeçudas – 01

Armadilhas

No momento, a cidade conta 256 armadilhas para monitoramento dos focos instaladas. A armadilha se constitui numa ferramenta para identificação de focos do mosquito e monitoramento de sua área de abrangência, que é de 300 metros. Todos os equipamentos são vistoriados pelos agentes de endemias da Secretaria de Saúde semanalmente, para a atualização de informações.

Veja a quantidade de armadilhas instalada atualmente em cada ponto do município:

Barra do Rio (10)
Cabeçudas (05)
Canhanduba (03)
Centro (23)
Cidade Nova (17)
Cordeiros (34)
Dom Bosco (19)
Espinheiros (10)
Fazenda (16)
Itaipava (14)
Praia Brava (14)
Ressacada (08)
Salseiros (44)
São João (17)
São Judas (04)
São Vicente (22)
Vila Operária (01)

Vale ressaltar que, independente das armadilhas, seguem normais as ações dos agentes de combate a endemias nos ciclos bimestrais de tratamento em imóveis.

Casos

O novo balanço da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DVE) da Secretaria de Saúde de Itajaí traça o panorama atual da dengue no município e contribui para a atualização das informações sobre os focos do Aedes aegypti.

Após 17 semanas epidemiológicas – desde o início de janeiro deste ano até 1º de maio, foram registradas 1.146 notificações de suspeita de dengue. Já os casos confirmados totalizam 58, sendo 41 contraídos na cidade de Itajaí (autóctones) e 17 importados, quando a pessoa já chega ao município com a doença manifestada.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.