- PUBLICIDADE -

Hospital Ruth Cardoso realiza mais de 350 testes de orelhinha

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

orelhinhaO Hospital Municipal Ruth Cardoso já realizou mais de 350 testes de orelhinha desde o início das atividades, em outubro do ano passado. O exame precoce, apesar de ser obrigatório por Lei Federal, nem sempre está sendo cumprido por todos os hospitais, por isso o HMRC garante o exame para bebês que, embora nascidos em outras cidades, tenham os pais que comprovem residência em Balneário Camboriú.

A fonoaudióloga Jussara Paim, que realiza o teste no HMRC, explica que o exame “é uma triagem auditiva neonatal onde podemos perceber se o bebê  tem problemas de audição. Com o diagnóstico precoce podemos intervir o mais cedo possível”.

No HMRC o exame é realizado antes do bebê  ter alta.   “Ele já sai do hospital com o teste realizado. Caso aconteça alguma falha, dentro de 15 dias é marcado novo exame para uma reavaliação”, destaca Jussara.

Para os moradores de Balneário Camboriú, cujas mães realizaram parto em outras cidades, o teste da orelhinha também está garantido.  Neste caso, os pais devem comparecer ao setor de avaliação e controle da Secretaria Municipal de Saúde (Rua 1.500), levando a documentação da criança e do responsável, além do comprovante de residência. Todas as quartas-feiras, às de 8h30, o teste é realizado no Hospital Municipal Ruth Cardoso para crianças que não nasceram na instituição.

O teste é garantido por lei federal e é recomendado que seja realizado o mais rapidamente possível, “de preferência até o primeiro mês do nascimento”.  O resultado é anotado na caderneta de vacina do bebê e o pediatra vai cobrá-lo sempre que a mãe levar o filho para consultar.

Para mães oriundas de outras cidades, e que tenham partos no HMRC, o exame também está garantido. “Nem todos os municípios possuem fonoaudiólogos especializados para realizar o teste e o propósito é garantir esse exame precoce a todos”, afirma o secretário de Saúde José Roberto Spósito.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.