- PUBLICIDADE -

Hospital Santa Inês deverá reabrir ainda nesta semana

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

O Hospital Santa Inês, de Balneário Camboriú, deverá reabrir as portas até esta sexta-feira (16). Segundo o secretário Municipal de Saúde, José Roberto Spósito, com o repasse da ordem de R$ 1 milhão do governo do Estado, o Santa Inês ganhou um planejamento de três meses de funcionamento, onde será vocacionado nas áreas de ortopedia e traumatologia.

O secretário explica que o hospital passará a funcionar com Pronto Socorro 24 horas, atendimento de traumatologia e ortopedia, comportando ainda dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros 40 leitos.

Na última semana o secretário participou de uma reunião na sede da subseção da OAB, a Ordem dos Advogados do Brasil. Na ocasião, funcionários e membros da comunidade questionaram sobre a permanência do atual quadro de diretores e sugeriram a criação de uma comissão gestora de transição, com participação de uma pessoa indicada pelo Estado, um representante dos funcionários e um do corpo médico.

Representando o prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, Spósito mostrou o plano que a Saúde montou para a reabertura do Santa Inês. “Depois de quase três anos de tratativas, o governo do Estado, na pessoa do secretário Dalmo Claro, se sensibilizou e vai ajudar Balnéario Camboriú”, lembra o prefeito.

Sobre a reabertura do Santa Inês, o secretário diz que o Hospital Ruth Cardoso continuará com seu atendimento normal, porém, casos de urgência e emergência na área de ortopedia e traumatologia serão tratados no Santa Inês. A ideia de vocacionar o hospital nestas áreas, segundo Spósito, é preparar a unidade para que possa, após os três meses de reabertura, continuar sendo um hospital especializado nestas áreas, para enfim, conseguir apoio do Estado para o restante do ano.

O Deputado Volnei Morastoni, que preside a Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa, disse que “esse recurso é uma solução emergencial, mas precisamos buscar um modelo definitivo para sua gestão”, alertou. Na opinião dele, “é inevitável que busquemos mais recursos para o setor hospitalar para o próximo ano, o que temos debatido com o Secretário de Estado da Saúde, Dalmo de Oliveira”, concluiu.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.