- PUBLICIDADE -

Estado repassará verba para custeio do Hospital Santa Inês

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

Por determinação do prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, o secretário de Saúde de Balneário Camboriú, José Roberto Spósito e sua equipe já começaram a organizar a reabertura do Hospital Santa Inês, que vai ocorrer o mais rapidamente possível. Hoje pela manhã (8), o secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira e o deputado Volnei Morastoni confirmaram que o Estado vai repassar R$ 1 milhão ao município, verba que será usada para manter a unidade funcionando durante a temporada de verão. O recurso será aplicado no custeio do hospital, que volta a funcionar vocacionado ao atendimento traumato-ortopédico.

Piriquito e Spósito frisam que houve uma mudança muito positiva de rumo por parte do Governo de Santa Catarina. Foram quase três anos de tratativas e inúmeras reuniões envolvendo a Prefeitura e as administrações estaduais e, após várias negativas anteriores, o secretário Dalmo de Oliveira se sensibilizou e compreendeu a dificuldade do município em manter, com recursos próprios, dois hospitais funcionando.

“Temos que reconhecer a grandeza do secretário Dalmo e o brilhante trabalho do deputado Volnei Morastoni”, elogia o prefeito, salientando que as unidades de saúde de Balneário Camboriú funcionam com característica regional, o que agora passa a ser reconhecido pelo Estado.

“Atendemos a nossa população e a dos municípios vizinhos. Cerca de 50% da demanda vem de fora”, explica Piriquito. O Santa Inês passará a atender com 40 leitos – 30 para internação e enfermaria e outros dez de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) adulto – e com equipe no Pronto Atendimento 24 horas, com clínica médica, ortopedista, anestesiologia, pediatria, além de intensivista de UTI. Haverá também uma equipe de sobreaviso, composta por ortopedista, anestesista, cirurgião-geral e clínico-cardiologista.

O secretário José Roberto Spósito lembra, ainda, que o município de Balneário Camboriú é um dos que mais investe em atendimento hospitalar. De maneira geral, o município aplicou, em 2011, 24% da arrecadação em Saúde, quando o percentual exigido pela Constituição é de 15%. No ano que vem, segundo o prefeito, o percentual de investimentos na Saúde vai chegar a 27%.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.