- PUBLICIDADE -

Surto de meningite em Santa Catarina: governo emite alerta

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

Devido à confirmação de 14 casos de meningite viral desde a última sexta-feira (21), em crianças de 2 a 9 anos, em Joaçaba e outros casos em municípios vizinhos como Erval d’Oeste, Capinzal e Treze Tílias, a Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive), orienta sobre os surtos ocasionais da doença. No Estado, só neste ano foram registrados 191 casos.

A meningite viral geralmente benigna é menos agressiva que a bacteriana. Os casos da doença podem ocorrer isoladamente ou em forma de surto, que é algo comum para a época do ano. Pessoas de todas as idades podem contrair a doença, mas a faixa etária de maior risco são crianças menores de cinco anos. Os sintomas são: febre, mal-estar, dores pelo corpo, cansaço e fraqueza, além de rigidez na nuca.

Segundo o diretor da Vigilância Epidemiológica, Luis Antonio Silva, normalmente a doença dura menos de uma semana. “A meningite pode ser curada se for diagnosticada e tratada a tempo. Em caso de apresentar os sintomas procure a unidade de saúde mais próximo da sua casa”, aconselha o diretor.

Como a transmissão pode ser oral, recomenda-se lavar as mãos frequentemente, evitar ambientes fechados e sem ventilação, consumir água tratada, fervida ou clorada e principalmente higienizar os banheiros, lavatórios e bebedouros.

O que é Meningite:
Meningite é a inflamação das meninges, membranas que envolvem e protegem o Sistema Nervoso Central. Existem vários tipos de meningite. A mais perigosa é a bacteriana, que se não for tratada a tempo pode deixar graves sequelas e até matar. A doença atinge pessoas de qualquer idade, mas principalmente as crianças.

Como se tratar:
Procurar imediatamente o serviço de saúde e seguir rigorosamente a orientação médica.

Outras formas de prevenção:
Manter a higiene corporal; lavar as mãos várias vezes ao dia; ter higiene rigorosa com pratos e talheres usados pelo doente, bem como mamadeiras e chupetas; conservar a casa limpa e arejada e, se possível, ensolarada, principalmente os quartos; evitar locais fechados, cheios de gente e mal ventilados; manter as salas de aula ventiladas, com portas e janelas abertas.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.