- PUBLICIDADE -

Ponte sobre o Rio Camboriú no sentido Sul é inaugurada

Investimento para a execução da obra passou dos R$ 11,5 milhões

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube

BALNEÁRIO CAMBORIÚ – A inauguração e liberação do tráfego na ponte sobre o Rio Camboriú sentido Sul foi na manhã desta quinta-feira, 09.jun.2022. Marcaram presença no evento autoridades da gestão pública, Polícia Rodoviária Federal, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Senado, além de representantes da concessionária Arteris, responsável pela execução da obra.

A ponte dá continuidade à Marginal Oeste, sendo uma alternativa à BR-101 para acessar os Bairros Nova Esperança e Jardim Parque Bandeirantes. “Eu moro no Bairro Nova Esperança e sei a diferença que essa obra vai dar, principalmente para os moradores da Região Sul, que não vão mais precisar correr riscos na BR-101 para chegar em casa”, comentou o prefeito em exercício de Balneário Camboriú, Gelson Rodrigues.

De acordo com a concessionária, o investimento para a execução da obra passou dos R$ 11,5 milhões. Com 172,7 metros de comprimento por 10,4 metros de largura, a ponte vai operar com duas pistas e passeio compartilhado para pedestres e ciclistas.

Essa é a segunda grande obra nas vias marginais da cidade. Em 2021, foi inaugurada a ponte sobre o Rio Camboriú sentido Norte. Com 426 metros de comprimento, a estrutura liga as duas margens do rio, permitindo o acesso pela Marginal Leste de quem vem da Região Sul em direção ao Centro da cidade, sem a necessidade de passar pela BR-101.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -