- PUBLICIDADE -

Ordem de serviço para a construção de passarela na Barra Sul é assinada

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

passarela

O Prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, assinou a Ordem de Serviço para a construção da passarela sobre o Rio Camboriú, ligando a Barra Sul ao Bairro da Barra. A obra tem custo estimado em R$ 22,9 milhões de reais e deve ficar pronta em 10 meses. O projeto prevê estrutura de concreto, aço e vidro, a uma altura de 25 metros acima do nível do rio, duas torres de acesso nas extremidades com dois elevadores cada e espaço para instalação de dois restaurantes, um em cada ponta da obra.

O Prefeito disse, nesta terça-feira (17), que a iniciativa contempla especialmente “o querido povo do Bairro da Barra”. Na opinião dele, mais que um projeto arquitetônico, a passarela cria um elo definitivo entre a região precursora da cidade e a área central, constituindo-se “em um marco para a cidade e o Estado, um novo cartão-postal,” acrescenta Piriquito,salientando que a passarela contempla dois objetivos principais: “permitir o acesso dos trabalhadores da Barra à região central da cidade, que deixarão de ficar à mercê da BR-101, ou seja, a população poderá transitar por ali a qualquer hora (hoje, a balsa que faz a travessia encerra as atividades à meia-noite); além de ser um complexo turístico imponente, com características de mirante (devido à sua altura, a 25 metros), espaço para convivência e acesso aos futuros mercados público e do peixe que serão construídos na Barra,” acentua o prefeito.

O Presidente da Compur, a Companhia de Desenvolvimento & Urbanização de Balneário Camboriú, Niênio Contijo, explica que “a passarela terá vão livre de 116 metros”. O comprimento total é de 190 metros. Ainda segundo Gontijo, o projeto, além de “extremamente moderno, é dotado de detalhes técnicos especiais, como o fato de ser suspensa por estaios, possibiltando a navegabilidade no rio, sem prejuízo algum.”

Gontijo acrescentou que além de vão central livre, a altura da ponte “é observada a partir da maré cheia. Isso quer dizer que até veleiros podem navegar normalmente naquele trecho.”


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.